Brasil encerra participação no Mundial Misto de Curling

Seleção brasileira se despede do Mundial (Céline Stucki/WCF)

A seleção brasileira de Curling fez nesta quinta-feira, dia 17, sua última partida na primeira edição do Mundial Misto da modalidade, realizado em Berna, na Suíça. A partir desta sexta começa a fase eliminatória, com os tie-breaks, as qualificações e as quartas de final. No sábado, acontecem as semifinais e a decisão do ouro. 

Com oito derrotas em oito jogos, a campanha do Brasil pode não encher os olhos pelos números. Entretanto, é preciso levar em consideração que os quatro atletas (Marcelo Mello, Sergio Vilela, Luciana Barrella e Isis Oliveira) jamais jogaram ou treinaram juntos. Dessa forma, é preciso aprender as lições e comemorar os bons jogos realizados, como os duelos contra Turquia e Hungria. 

No encerramento da primeira fase, a equipe nacional acabou perdendo para os Estados Unidos por 7 a 2. Os dois primeiros ends até foram equilibrados, com os times trocando um ponto. A partir do terceiro, porém, a seleção norte-americana impôs seu ritmo e abriu 7 a 1 no quinto end. O Brasil ainda descontou, mas não conseguiu evitar a derrota. 

O desempenho fez o país ficar na última posição do Grupo D. Apenas o Cazaquistão, no Grupo C, também não venceu nenhuma partida no Mundial Misto de Curling. Na parte de cima da competição, nenhum time conseguiu ficar invicto ao final da primeira fase, o que mostra um equilíbrio entre as principais forças do esporte. 

Agora, os quatro atletas brasileiros retornam para seus lares e seguem com a preparação individual elaborada pelo técnico Craig Lightbody. Em novembro, acontece a disputa do Campeonato Brasileiro de Duplas Mistas com os principais representantes do país no esporte. Quem vencer o torneio representará o Brasil no Mundial de Duplas Mistas no primeiro semestre de 2016. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.