Brasil encara "final" no Mundial Misto de Curling

Isis Oliveira (Céline Stucki/WCF)

O Brasil não possui mais chances de classificação, mas encara uma verdadeira "decisão" no penúltimo jogo do Mundial Misto de Curling, realizado em Berna, na Suíça. A equipe enfrenta o Japão às 11h (horário de Brasília) para fugir da última colocação do Grupo D da competição.

Os dois times perderam todos os jogos realizados até o momento. O Brasil ainda está em desvantagem por ter feito seis partidas, contra cinco dos japoneses. Apenas Bélgica, no Grupo A, e Cazaquistão, no B, seguem sem vencer no Mundial. Como restam apenas dois dias de disputa da primeira fase, quem vencer este duelo dá grande passo para fugir da incômoda colocação.

A primeira vitória brasileira por muito pouco não veio na madrugada desta terça-feira. A seleção fez um bom jogo contra a Turquia, mas deixou a vitória escapar no último end e perdeu de 5 a 4. Até o quinto período, por exemplo, o Brasil vencia por 3 a 1, mas tomou o empate no sexto end, conseguiu retomar a liderança no sétimo, mas tomou outros dois pontos no último lance do jogo. 

Depois, já sem confiança, o Brasil fez a segunda partida do dia no Mundial Misto de Curling e não conseguiu superar a Estônia, perdendo por 7 a 3. Os rivais tomaram conta do placar logo no início do jogo, marcando 5 a 0 logo nos três primeiros ends. Depois, apenas administraram o resultado para confirmarem a vitória.

Enquanto o time brasileiro tenta fugir das últimas colocações, Hungria e Escócia seguem duelando partida a partida pela liderança da chave com cinco vitórias até o momento. Além deles, Rússia, Suíça e Suécia também não perderam até aqui. 

Não resta dúvida de que essa é "a" partida da seleção brasileira de Curling no Mundial. Nas duas disputas de Duplas Mistas, o Brasil conseguiu pelo menos um triunfo. A meta, agora, é repetir este desempenho, aprender as lições e superar as adversidades que marcaram a participação do time na competição. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.