Equipe mista de curling do Brasil participa de Bonspiel

Equipe brasileira de curling que vai ao Mundial (Reprodução/Facebook)

Em menos de 45 dias, o curling brasileiro dará mais um importante passo em sua trajetória. O país é um dos integrantes do primeiro Mundial de Equipe mista da história da modalidade. O evento acontece entre os dias 12 e 19 de setembro, em Berna, na Suíça. 

Entretanto, esta caminhada da seleção brasileira não está nada fácil. Você viu aqui que o time fez um financiamento coletivo para ajudar nos custos do campeonato (com um orçamento bem limitado, a CBDG paga a passagem aérea, mas os atletas precisam arcar com hotel e alimentação por lá). Agora, a corrida é pelo entrosamento. 

A distância geográfica realmente atrapalha. Isis e Luciana são de Vancouver, na parte mais oeste do Canadá, enquanto que Marcelo Mello, skip e responsável técnico do esporte, mora em Quebec, na parte leste! Para complicar, Sergio Vilela, o quarto convocado, mora do outro lado do Atlântico, na Suíça. 

Para minimizar esse problema, a seleção de curling deve participar do Bonspiel de verão de Osoyoos, na província da Columbia Britânica, também no Canadá. O torneio acontece entre os dias 12 e 16 de agosto, mas o objetivo nem é tanto os resultados, mas sim a necessidade de entrosar rapidamente os integrantes. 

Neste evento, a equipe brasileira deve contar com Isis, Luciana e Marcelo - por motivos óbvios, Sergio Vilela não conseguirá ir até o país norte-americano para a disputa. Craig Lightbody, chefe da comissão técnica nacional, ocupará a posição vaga. 

Depois disso, o time completo se encontra no dia 6 de setembro, já na Suíça. A delegação conseguiu marcar alguns treinos e jogos nos cinco dias que terão antes da estreia do Mundial. Nesta fase, contará com o apoio de um técnico europeu, indicado pelo treinador pessoal de Sergio Vilela, que se sensibilizou com os brasileiros e dará apoio às atividades desenvolvidas no continente. 

"As coisas não estão fáceis para o time, mas todos estão felizes porque, aos poucos, tudo está caminhando. Já temos passagem, gelo reservado, jogos preparatórios marcados, hotel... Aos pouquinhos, as coisas estão ficando bem mais reais", confirmou Isis Oliveira ao Brasil Zero Grau. 

O site ficará de olho em todos os passos do time brasileiro rumo ao Mundial misto de Curling. Quem quiser colaborar nesta jornada, pode acessar o financiamento coletivo neste link

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.