A sede dos Jogos de Inverno de 2022 vai para... Pequim!

Thomas Bach confirma: Pequim é a sede (IOC/Greg Martin, Ubald Rutar)

Foi uma decisão apertada e difícil, que simbolizou muito bem o que foi o processo de escolha de sede dos Jogos de Inverno de 2022. Mas as autoridades do Comitê Olímpico Internacional decidiram na manhã desta sexta-feira que Pequim, a capital da China, vai organizar a competição daqui sete anos. A decisão saiu na 128ª sessão anual do COI, em Kuala Lumpur, na Malásia. 

A candidatura da cidade chinesa derrotou Almaty, do Cazaquistão, por 44 votos a 40. Dessa forma, ela entra para a história por ser o primeiro local a organizar uma edição de verão e uma de inverno dos Jogos Olímpicos da era moderna. 

As duas cidades foram as últimas sobreviventes de um sistema que contou com quatro desistências formais no meio do período de análise e outras três cidades que sequer se inscreveram após rejeição popular. O impacto foi tão grande que fez o Comitê Olímpico Internacional iniciar uma série de mudanças, chamada de Agenda 2020.

Tanto que Pequim espera desembolsar "apenas" US$ 1,5 bilhão para realizar a competição daqui sete anos. Muito pouco se comparado aos US$ 50 bilhões desembolsados por Sochi, na Rússia, para realizar os Jogos no ano passado. Além disso, nada de construir novas arenas esportivas - a meta é reaproveitar o que der, realizando pequenas reformas de infraestrutura (confira detalhes da proposta chinesa aqui e o contrato assinado com o COI aqui). 

Dessa forma, as competições em 2022 serão divididas em três locais. Pequim ficará com as cerimônias de abertura e de encerramento e as disputas do curling, hóquei no gelo e patinação. Já as provas de montanha irão para outras duas cidades: Yanqing, distante 85 quilômetros da capital, abrigará o bobsled, o luge, o skeleton e o esqui alpino. Por fim, Zhangjiakou, distante 200 quilômetros, ficará com biatlo, cross-country, combinado nórdico, esqui saltos, snowboard e esqui livre. A organização promete que terá um trem de alta velocidade ligando as três cidades em pouco tempo de percurso. 

Agora, é acompanhar o andamento das obras e conferir se realmente a Agenda Olímpica 2020 vai sair do papel. Para os chineses, os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 começou oficialmente nesta sexta-feira. 

Jogos da Juventude

Se a escolha dos Jogos de 2022 foi apertada, a definição da sede dos Jogos da Juventude de Inverno em 2020 foi muito fácil. Lausanne, na Suíça, venceu Brasov, da Romênia, por 71 votos a 10. A cidade é sede do COI desde 1915 e conhecida como "capital olímpica". Esta edição dos Jogos da Juventude de Inverno será apenas a terceira da história, todas na Europa - em 2012 o evento aconteceu em Innsbruck, na Áustria, e em 2016 será em Lillehammer, na Noruega. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.