COI inclui mais quatro esportes nos Jogos de Inverno

Marcelo e Aline participaram dos últimos dois mundiais (Divulgação)

Os Jogos Olímpicos de Inverno ganharam mais quatro modalidades esportivas para a edição de 2018, em Pyeongchang, na Coreia do Sul. A decisão partiu da diretoria executiva do Comitê Olímpico Internacional em reunião na tarde desta segunda-feira. Os membros se reuniram em Lausanne, na Suíça, na sede da organização. 

Snowboard Big Air, largada coletiva na patinação de velocidade, competição por equipes no esqui alpino e curling de duplas mistas, todos com disputa para ambos os gêneros, são os novos integrantes da carta olímpica de inverno e já competem em 2018. Agora, cada federação internacional deverá apresentar critérios de classificação para os novos esportes. 

A inclusão faz parte de uma série de medidas do COI para popularizar ainda mais as modalidades de inverno. Nas últimas edições foi comum visualizarmos novos esportes, sobretudo os mais radicais - como é o caso do Big Air desta vez. Além disso, integra a Agenda 2020, programa de mudanças para dar uma arejada no olimpismo.

No caso do Brasil, um esporte impacta diretamente no nosso desenvolvimento: o curling de duplas mistas. A CBDG enviou uma equipe na disputa dos últimos dois mundiais e foi praticamente um dos cabos eleitorais da Federação Mundial de Curling para que o COI aceitasse a modalidade. 

Agora, resta apenas definir quantas vagas serão por continente - a expectativa é grande para que a América do Sul tenha um lugar cativo. Os detalhes serão definidos após a reunião da federação internacional com as seleções filiadas, em setembro. Portanto, é hora de exercer a política e atuar nos bastidores para que o sonho se concretize!

Ainda o Pan de Hóquei

A Colômbia, quem diria, conquistou o título da segunda edição do Pan-americano de Hóquei no Gelo, no México. A seleção da América do Sul derrotou os donos da casa no winning shots após empatar em 3 a 3 no tempo normal. O resultado é surpreendente, pois a seleção mexicana tinha o apoio da torcida e é muito mais gabaritada no cenário internacional. Já a seleção brasileira colhe os frutos da boa campanha, com boa repercussão nas redes sociais. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.