Brasil conquista vitória histórica no hóquei no gelo

Brasil, de verde, e México (Divulgação/Icedome)

Guarde esta data: o dia 3 de junho de 2015 já entrou para a história do esporte de inverno do Brasil. Na tarde desta quarta-feira o país conquistou sua primeira vitória em uma competição internacional de hóquei no gelo. O feito aconteceu na abertura da segunda edição do Pan-americano da modalidade, na Cidade do México. 

A seleção masculina derrotou o time sub-17 do México por 5 a 2 pela primeira rodada da competição. Infelizmente ainda não achei súmulas com os gols e assistências desta importante vitória brasileira, mas o triunfo já garante uma campanha melhor do que a registrada no ano passado. Na ocasião, o time nacional perdeu as quatro partidas que fez e marcou apenas dois gols. 

A primeira vitória coincide com um novo momento do hóquei no gelo brasileiro. Após participar do Pan aos trancos e barrancos na temporada passada, neste ano a CBDG convocou e encampou o projeto, custeando equipamentos, passagens aéreas e clínicas para os 19 atletas convocados. A expectativa é que um bom desempenho possa atrair patrocinadores e parceiros para a modalidade. 

Para isso, não importa se a vitória foi contra a equipe sub-17 do México, presente no torneio como a seleção B do país-sede. Por mais que a idade mais avançada dos brasileiros realmente é um diferencial, principalmente no que tange à questão física, é inegável também que os jovens mexicanos possuem mais vivência no gelo do que nossos atletas. Nesta temporada, por exemplo, eles participaram da Divisão 3 do Mundial da faixa etária e terminaram em uma honrosa segunda posição, apenas quatro pontos do acesso. 

Com o ânimo renovado, o Brasil parte agora para novos objetivos e desafios no Pan de Hóquei no Gelo. Nesta quinta-feira, às 13h30 no horário de Brasília, o adversário será a "Argentina B". No ano passado, contra a seleção principal, os nossos atletas fizeram uma partida equilibrada e perderam apenas nos segundos finais. Quem sabe não surge a segunda vitória! 

Feminino

As cinco atletas brasileiras que estão no combinado Brasil/México também tiveram uma boa estreia, se levarmos em conta a falta de entrosamento latente entre as jogadoras. A equipe, que compete como seleção brasileira, perdeu para a Argentina por 3 a 2 na primeira partida do Pan-americano. Infelizmente também não encontrei a súmula desta partida para trazer estatísticas e outros detalhes. Nesta quinta-feira, às 12h, o time misto enfrenta o México. 

Confira todos os resultados desta primeira rodada e os jogos da segunda rodada:

Quarta-feira, 3 de junho
12h - Argentina 3 x 2 Brasil - feminino
13h30 - Colômbia 8 x 0 Argentina "A" - masculino
15h - Colômbia 1 x 0 México B - feminino
16h30 - Brasil 5 x 2 México sub-17 - masculino
23h45 - México x Argentina B - masculino (partida ainda não começou até o encerramento do post)

Quinta-feira, 4 de junho
10h - México x Brasil - feminino
11h30 - Argentina B x Brasil - masculino
13h - México B x Argentina - feminino
23h - México x Argentina A - masculino
0h30 - Colômbia x México sub-17 - masculino

Argentina, de azul, e Brasil/México (Divulgação/Icedome)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.