Mais resultados dos Mundiais de hóquei no gelo

Coreia do Norte, de vermelho (Cihan Kahraman)

Enquanto o Mundial de Hóquei no Gelo masculino não começa, temos as definições em divisões menores. No masculino adulto aconteceu a Divisão 3, a última entre os países de elite, na cidade de Izmir, na Turquia. No feminino tivemos o Grupo B da Divisão 1 em Pequim, na China. 

Sete países participaram na competição masculina: Bósnia, Georgia, Hong Kong, Luxemburgo, Coreia do Norte, Turquia e Emirados Árabes. O destaque ficou para os norte-coreanos, que simplesmente venceram suas cinco partidas e conseguiu o acesso para o Grupo B da Segunda Divisão. 

Mesmo invicto, o time da Coreia do Norte sofreu para confirmar a vaga. Isso porque ficaram apenas um ponto à frente dos turcos. No jogo decisivo entre os dois times a vitória magra dos asiáticos foi confirmada apenas no overtime. Na outra ponta da tabela, a lanterna foi da Bósnia, que perdeu suas seis partidas. 

Se no masculino a Coreia do Norte teve sucesso, o mesmo não se pode dizer do feminino. As atletas do país perderam as cinco partidas e foram rebaixadas no Grupo B da Divisão 1. Seis seleções participaram do campeonato e, além do time asiático, a Holanda, Eslováquia, China, Hungria e Itália também estiveram presentes. 

O título e o acesso para o Grupo A da Divisão 1 ficou com as eslovacas. As competidoras do pequeno país europeu venceram as cinco partidas (uma delas no overtime) e somara 14 pontos. As holandesas ficaram na segunda posição, com 11. 

Ao longo desta semana temos mais três disputas de divisões menores do Mundial Masculino de Hóquei no Gelo. Na Cidade do Cabo, na África do Sul, acontece o Grupo B da segunda divisão. Em Reykjavik, na Islândia, tem o Grupo A da segunda divisão, e em Eindhoven, na Holanda, o Grupo B da Primeira Divisão. 

No sub-18 masculino acontecem os jogos da Primeira Divisão. O Grupo B é em Maribor, na Eslovênia, e o Grupo A em Debrecen, na Hungria. Por fim, temos o encerramento do Mundial feminino com o Grupo A da Primeira divisão em Rouen, na França. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.