Michel Macedo encara teste de velocidade no esqui alpino

Michel Macedo (Divulgação/CBDN)

A garotada não para! Michel Macedo e Guilherme Grahn resolveram prolongar a temporada da CBDN até o fim de abril, tudo para melhorar ainda mais suas marcas pessoais. A maratona começou com Michel em Mt. Bachelor, nos EUA, e ao invés de encarar provas tradicionais, o jovem está encarando corridas de velocidade. 

O atleta de apenas 16 anos vai encarar duas descidas de Super G e outras duas de Downhill até o dia 19 de abril. Vale lembrar que essas duas categorias não estão no know-how dos atletas brasileiros, acostumados com disputas em slalom e slalom gigante (mais técnicas e seguras).

Entretanto, Michel não só está se aventurando nelas, como também já coleciona bons resultados. Na primeira prova, realizada nesta quarta-feira, o brasileiro ficou na 17ª posição dentre os 36 que completaram a descida. Ele conseguiu o tempo de 1min11seg67 e a ótima marca de 68.88 pontos FIS - o vencedor foi Bryce Bennet, dos EUA, com 1min08seg60. 

Este foi o quinto melhor desempenho da carreira do competidor brasileiro e o seu melhor resultado se levarmos em consideração apenas as provas de Super G. Além disso, ele ficou próximo do recorde nacional: 49.52 pontos FIS registrado por Nikolai Hentsch em 2006. 

Nesta quinta-feira Michel Macedo compete mais uma vez no Super G. Depois, nos dias 18 e 19 ele encara provas de downhill. Enquanto isso, Guilherme Grahn encara uma prova de slalom em Lindvallen, na Suécia, no dia 17, outras três corridas em Taernaby entre 24 e 26 e deve encerrar sua temporada no slalom gigante em Funaesdalen, no dia 30. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.