Guilherme Grahn quebra recorde nacional no esqui alpino

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

Primeiro atleta brasileiro de esqui alpino a andar abaixo dos 40 pontos FIS, Guilherme Grahn voltou a repetir o feito neste fim de semana, na Suécia. Ele participou de duas provas de slalom em Storklinten, na Suécia, e mais uma vez quebrou o recorde nacional na modalidade. 

No sábado, na primeira corrida de slalom, Guilherme conseguiu o tempo combinado de 1min37seg55 e foi o sexto dentre os 26 que concluíram as duas descidas. O desempenho rendeu 36.10 pontos FIS, a melhor marca da história do esqui alpino masculino do Brasil! O vencedor foi o sueco Emil Johansson, com 1min35seg46. 

No dia seguinte, na segunda corrida, o atleta ficou na 13ª colocação, com 1min42seg32 e excelentes 49.19 pontos FIS - a vitória foi do sueco Kristoffer Jakobsen, com 1min37seg98 e 17.30 pontos FIS.

"É uma sensação ótima e estou empolgado para esquiar ainda mais rápido. Estou muito feliz", afirmou o jovem de 17 anos ao site da entidade. 

Marcas consistentes ao longo desta temporada, dois recordes brasileiros quebrados e a certeza de que logo, logo pode entrar na elite do esqui alpino internacional. O desempenho de Guilherme Grahn impressiona por mostrar uma evolução contínua e segura em todas as provas. 

A nova geração pede passagem e motiva ainda mais a CBDN no planejamento dos business plans da entidade. A briga pelos Jogos Olímpicos de Pyeongchang promete ser sensacional! 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.