Guilherme Grahn conquista bom resultado no esqui alpino

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

O jovem brasileiro Guilherme Grahn competiu em mais três provas de esqui alpino neste último fim de semana na Suécia. Foram duas provas de slalom gigante e outra de slalom em Taernaby. Em pelo menos uma delas ele conseguiu comprovar a boa fase que vive nesta temporada. 

No slalom gigante, realizado dia 24, Guilherme não conseguiu completar a primeira descida e ficou de fora da classificação final - Gustav Lundbaeck venceu com 2min14seg34 e 24.57 pontos FIS. No dia seguinte, no slalom, ele novamente ficou pelo caminho na primeira parte e viu Lundbaeck vencer novamente com 1min40seg75 e 13.04 pontos. 

No mesmo dia, porém, veio a redenção. Guilherme terminou na 18ª posição com o tempo combinado de 1min46seg77 e 51.46 pontos FIS. No total, 45 competidores completaram as duas descidas e a vitória ficou com o finlandês Otto Salmenkivi, que fez 1min42seg11 e 18.60 pontos FIS. 

Com dois recordes brasileiros quebrados ao longo da temporada de esqui alpino e a entrada no Top 30 da modalidade na sua faixa etária, o brasileiro Guilherme Grahn se consolida como principal esquiador do país neste ciclo olímpico. Claro que ele ainda terá batalhas difíceis contra Nathan Alborghetti e Michel Macedo, por exemplo, mas o jovem que vive na Suécia deu um grande passo rumo a Pyeongchang. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.