CBDN celebra parceria com USP para produção científica

Pedro Cavazzoni explica os business plan (Brasil Zero Grau)

Durante a apresentação do business plan duas semanas atrás, o superintendente técnico Pedro Cavazzoni soltou uma informação valiosa, mas que passou despercebida pela maioria dos jornalistas presentes. Na noite anterior, a CBDN havia acabado de firmar uma parceria com a USP (Universidade de São Paulo) para a produção de trabalhos científicos/acadêmicos. 

A ideia é simples. A Escola de Educação Física da universidade e a entidade de esportes de neve irão compartilhar experiências e municiar o mundo acadêmico com estudos sobre os atletas de inverno do Brasil, monitorando e acompanhando a evolução deles durante as competições. Dessa forma, a comunidade científica que se debruça sobre o tema em todo o mundo terá mais documentos para estudar e aperfeiçoar técnicas de treinamento, por exemplo. 

Apenas para a elaboração dos planos estratégicos, a diretoria da CBDN estudou, leu e interpretou mais de 300 artigos de referência, além de analisar 96 mil atletas em todas as modalidades de neve! Só assim é possível fazer projeções e análises para daqui dez, vinte anos. "Com esses novos dados podemos fazer monitoramento e ajustar o nosso planejamento estratégico", comentou Pedro Cavazzoni. 

Realizar pesquisas científicas não é novidade para a CBDN. Nos dois últimos anos a instituição apresentou artigos científicos e estudos relacionados aos mais diversos times que integram a confederação. O próprio Stefano confessou a esse jornalista, ainda em 2010, que o objetivo a médio prazo era justamente se aproximar do mundo acadêmico. Portanto, agora a meta é colocar no papel e divulgar tudo aquilo que a diretoria já sabe. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.