Cai o último invicto do Mundial de Curling

Atleta canadense desolado após 1ª derrota (Divulgação)

Caiu o último invicto do Mundial de Curling Masculino em Halifax, no Canadá. Os donos da casa e atuais campeões olímpicos conheceram a primeira derrota na competição na última partida desta terça-feira. Coube à Noruega, atual campeã mundial, frustrar a torcida presente na arquibancada. 

O pais escandinavo fez inapeláveis 9 a 3 sobre os canadenses. O placar foi construído, sobretudo, no terceiro end, que rendeu quatro pontos para os noruegueses, e coroou um dia perfeito para a equipe - anteriormente eles já haviam vencido a Finlândia por 8 a 7.

Agora, Noruega e Canadá dividem a liderança da primeira fase do Mundial, com seis vitórias e uma derrota até o momento. O prejuízo só não foi maior para os atletas canadenses porque eles conseguiram derrotar os japoneses por 7 a 4 em uma sessão anterior. 

A Suíça perdeu a chance de dividir a liderança. Depois de vencerem a Finlândia por 8 a 7, o pequeno país europeu perdeu por 8 a 2 para os suecos e possui cinco vitórias e duas derrotas, ocupando a terceira colocação. 

Japão e Suécia fazem campanhas regulares, com quatro vitórias e três derrotas. Os japoneses perderam do Canadá, mas conseguiram um importante triunfo de 8 a 1 sobre os italianos. Já a seleção da Suécia também venceu a República Tcheca ao marcar 7 a 3. 

Outro destaque positivo do dia foi a reação da Escócia. A seleção fundadora do curling derrotou a Rússia por 8 a 6 e os EUA por 6 a 4, conquistando suas duas primeiras vitórias no Mundial masculino. A equipe segue na lanterna, com duas vitórias e cinco derrotas, mas tem a mesma campanha de Rússia, Itália e China. 

Outros jogos desta terça-feira: China 8 x 7 República Tcheca; China 5 x 9 Estados Unidos e Rússia 5 x 4 Itália. A classificação completa você pode conferir aqui. A primeira fase do Mundial de Curling masculino prossegue nesta quarta e quinta-feira. Na sexta temos os playoffs e tiebreaks, enquanto que no sábado e domingo teremos a semifinal e a grande decisão. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.