Bom desempenho em provas masters

Stefano Arnhold (Divulgação/CBDN)

Stefano Arnhold, presidente da CBDN, tirou o paletó e a gravata de dirigente e vestiu a roupa térmica de esqui alpino na última semana. Com os bastões na mão, ele participou da etapa de Abetone da Copa do Mundo Master de esqui alpino. Foi o único representante brasileiro na competição e participou de quatro provas no total. 

Na primeira elas, encarou o slalom gigante e ficou na 101ª posição geral e 31ª posição na sua faixa etária (60-64 anos). Stefano conseguiu o tempo de 1min17seg08 e 210.89 pontos FIS. O vencedor geral foi Paul Fuchs, da Áustria, com 1min03seg43. 

Depois, no slalom, o brasileiro melhorou seu desempenho e terminou na 56ª posição geral e 16º na sua categoria com 2min03seg28 e 190.94 pontos FIS - a vitória geral foi do francês Paul Lerat, com 1min37seg44. No Super G, o presidente da CBDN ficou na 72ª posição geral e 22º na faixa etária com 1min28seg79 e 214.80 pontos - o austríaco Friedrich Lindner venceu com 1min14seg06. 

Por fim, em mais uma descida de slalom gigante, Stefano conseguiu seu melhor desempenho nos alpes italianos. Ele foi o 64º no geral e 24º na sua categoria ao conseguir o tempo de 1min25seg29 e 171.30 pontos FIS. Hans Peter-Pletz, da Áustria, foi o vencedor com 1min12seg60. 

Antes de se despedir da temporada, Stefano Arnhold ainda participa de mais duas corridas master em Hinterstoder, na Áustria. Depois, no dia 14, ele estará presente no workshop que apresentará o ambicioso business plan da CBDN para suas modalidades até 2026. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.