Promessas do esqui alpino em ação

Michel Macedo (Divulgação/CBDN)

Duas das maiores promessas do esqui alpino brasileiro participaram de provas da modalidade no fim de semana. Michel Macedo, nos EUA, e Fabio Guglielmini, na Itália, competiram em busca de objetivos diferentes. O primeiro quer ratificar o status de realidade após os bons resultados na temporada. Já o segundo pretende provar que está totalmente recuperado da grave lesão no joelho, em 2013. 

Michel esteve em Cooper Mountain e participou de duas descidas. Primeiro ele competiu no slalom e terminou na 29ª posição dentre os 44 que completaram as duas descidas. O brasileiro teve o tempo de 1min45seg13 e 87.23 pontos FIS - a vitória foi do norte-americano River Radamus, com 1min39seg29. Depois, no slalom gigante, o jovem ficou na 42ª posição com 2min04seg59 e 91.80 pontos - 55 atletas terminaram a prova e a vitória ficou para Patrick Kenney, dos EUA, com 1min58seg05. 

Enquanto Michel se aventurava na América do Norte, Fábio estava na Itália, país onde mora, para retomar a rotina de competições. Ele participou de duas provas de slalom na categoria júnior em Monte Croce Comelico. 

Na primeira corrida o brasileiro foi o 38º, com 1min32seg62 e 91.95 pontos FIS - seu melhor resultado desde que se recuperou da cirurgia no joelho, nesta temporada. Ao todo, 77 atletas participaram das duas descidas e a vitória foi de Thomas Mair, da Itália, com 1min26seg44. Na segunda competição de slalom, Fábio não teve tanta sorte. Ele não completou a segunda descida e ficou de fora da classificação final. Piergiorgio Mizzoni, da Itália, venceu com 1min33seg84. 

Os dois seguem na ativa e disputam mais provas de esqui alpino nesta semana. Michel Macedo continua em Cooper Mountain e encara três provas de velocidade (downhill e Super G) entre a quarta e sexta-feira. Já Fábio Guglielmini participa de quatro disputas em Passo San Pelegrino, também na Itália. 

Fabio Guglielmini (Divulgação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.