Mundial de Patinação Artística - Encerramento

Javier Fernandez não acredita no título mundial (Reprodução/ISU)

Tricampeão europeu, segundo colocado no Grand Prix após duelo sensacional com Yuzuru Hanyu e medalhista de bronze nos últimos dois Mundiais de patinação artística. O espanhol Javier Fernandez vive uma fase esplendorosa na modalidade e conseguiu a consagração na manhã deste sábado ao conquistar o primeiro título mundial da carreira. 

Aliás, também é o primeiro triunfo da Espanha na patinação artística no gelo - o país está atingindo outro patamar graças ao desempenho fantástico de Fernandez. O jovem de 23 anos conseguiu uma nota de 181.16 pontos na sua apresentação, superando uma queda após tentar um quádruplo. Na somatória com o programa curto, ele obteve 273.90 pontos. 

O interessante é que ele não venceu nenhum dos dois programas. O japonês Yuzuru Hanyu, líder do programa curto, também sofreu uma queda após um salto quádruplo e ficou com a medalha de prata. O cazaque Denis Ten venceu o programa longo com uma exibição incrível, mas não passou da terceira posição na classificação final. Outro destaque é a quarta posição do norte-americano Jason Brown em seu primeiro Mundial. 

Javier Fernandez continua escrevendo seu nome na história da patinação artística, mas já enfrenta um desafio para os próximos anos: manter a boa fase até 2018 para buscar o pódio olímpico, a única conquista que ainda falta na sua curta e vitoriosa carreira. 

Feminino

Entre as mulheres a russa Elizaveta Tuktamysheva confirmou o favoritismo e conquistou seu primeiro título mundial na madrugada deste sábado no horário oficial de Brasília. Ela obteve 132.74 pontos no programa longo e 210.36 na somatória das duas apresentações. 

A jovem russa de 18 anos ainda contou com tropeços das principais rivais. Sua compatriota Elena Radionova, segunda colocada no programa curto, foi apenas a sexta no programa longo e terminou com o bronze. A prata ficou para a japonesa Satoko Miyahara, terceira no primeiro dia e quarta no segundo. 

O programa longo marcou a recuperação das atletas norte-americanas. Gracie Gold, que tinha sido apenas a oitava no programa curto, foi a segunda no último dia e terminou o Mundial na quarta posição. Ashley Wagner, 11ª no primeiro dia, foi a terceira no programa longo e terminou na quinta colocação. 

Tuktamysheva se despede da temporada em grande estilo: campeã do Grand Prix, do Europeu e do Mundial. O interessante é que a Rússia é tão forte na patinação artística feminina que ela foi apenas a segunda no campeonato nacional! 

Veja a apresentação que garantiu o ouro para o espanhol Javier Fernandez!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.