Fim de temporada no luge

Time alemão celebra inúmeras vitórias no luge (Reprodução)

A última etapa da Copa do Mundo de luge em pista artificial já estava definida, com os títulos dos alemães Felix Loch e Natalie Geisenberger nas provas individuais. Por conta disso, ambos permitiram relaxar na pista de Sochi, na Rússia, e viram os rivais levarem a melhor na despedida da temporada. 

Felix Loch, que venceu sete das doze etapas da disputa masculina, ficou apenas na terceira posição, com 1min44seg339, atrás dos russos Semen Pavlichenko, ouro com 1min44seg020, e Alexandr Peretjagin, prata com 1min44seg252. No ranking geral, Loch ficou 975 pontos e conquistou mais um título da Copa do Mundo. O também alemão Andi Langenham foi o segundo com 645. 

No feminino, Natalie Geisenberger, que conquistou oito das doze provas, ficou na segunda posição, 10 centésimos atrás da sua compatriota Dajana Eitberger, ouro com 1min40seg510. A russa Tatiana Ivanova completou o pódio com 1min40seg601. Geisenberger conquistou o título geral da Copa do Mundo com 1080, contra 851 de Eitberger. 

Nas duplas, os alemães Tobias Wendl e Tobias Arlt venceram a última etapa com 1min39seg559, à frente dos austríacos Peter Penz e Georg Fischler, segundos colocados, e dos letões Andris e Juris Sics, terceiros. Porém, o título geral foi da dupla alemã Toni Eggert e Sascha Benecken, que conseguiram 1071 pontos, apenas 16 a mais do que Wendl/Arlt. 

Por fim, tivemos a prova por equipe com mais um show da Alemanha. O país europeu conseguiu 2min45seg468 e levou a sexta vitória em seis etapas disputadas! A equipe conseguiu o título geral com o desempenho perfeito de 600 pontos. Já o time da Rússia ficou na segunda posição na última etapa com 2min45seg528 e também foi o vice-líder no ranking, com 420. O bronze na despedida ficou com a Letônia, mas a terceira posição na Copa do Mundo ficou para os EUA. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.