Extensão do Mundial de Esqui Nórdico

O Mundial de Esqui Nórdico terminou na semana passada em Falun, na Suécia, mas uma extensão da competição prosseguiu na cidade finlandesa de Lahti. O local recebeu as provas de retorno das Copas do Mundo de esqui cross-country, esqui saltos e combinado nórdico. Confira os resultados:

Cross-Country

Marit Bjoergen, no centro, comanda o cross-country (NordicFocus)

Da mesma forma que no Mundial, a Noruega segue dominante no esqui de fundo, sempre liderada pela lenda Marit Bjoergen. Na Finlândia, a atleta conquistou mais duas vitórias. A primeira foi no sprint em técnica livre, em que ela chegou à frente da sua compatriota Ingvild Oestberg, prata, e da norte-americana Kikkan Randall, bronze. 

Depois, nos 10km em técnica clássica, mais uma dobradinha norueguesa. Bjoergen venceu com 25min27seg8, quase 18 segundos à frente de Heidi Weng - a sueca Charlotte Kalla completou o pódio com 25min53seg1. 

No masculino, o norueguês Eirik Brandsdal ficou com a vitória no sprint ao chegar à frente do seu compatriota Sindre Skar, segundo colocado na bateria decisiva. O francês Richard Jouve ficou em terceiro. Por fim, nos 15km clássico masculino, o italiano Francesco de Fabiani surpreendeu e venceu com 34min51seg2, apenas três segundos à frente do cazaque Alexey Poltoranin - o finlandês Sami Jauhojaervi levou o bronze. 

Já campeã da Copa do Mundo de cross-country, Marit Bjoergen possui 1968 pontos no ranking, No masculino, Martin Sundby também já possui ó título geral, com 1244. No dia 11, acontece a última prova de sprint em Drammen, na Noruega. Depois, nos dias 14 e 15, acontecem as disputas de 30km e 50km em Oslo, que tradicionalmente fecham a temporada na modalidade. 

Esqui Saltos

Stefan Kraft embola a disputa do Esqui Saltos (Divulgação)

A cidade finlandesa abrigou as provas por equipe e individual de Esqui Saltos masculino em uma montanha HS 130. Na prova por seleções, a Noruega confirmou a regularidade de seus atletas e levou o ouro com 1069.1 pontos no total. A Alemanha ficou com a segunda colocação ao marcar 1040.2 pontos. O Japão foi bronze com 1031.7. 

No individual, o austríaco Stefan Kraft, campeão do Four Hills, reencontrou o caminho das vitórias e venceu com 284.5 pontos após dois saltos. O alemão Severin Freund, que cresceu na metade final da temporada, ficou em segundo com 273.2 e o norueguês Anders Fannemel completou o pódio com 268 pontos. 

Assim a briga pela liderança geral da Copa do Mundo de Esqui Saltos se acirrou de vez. O esloveno Peter Prevc segue na frente, com 1315 pontos, mas está apenas sete pontos à frente de Kraft. Severin Freund é o terceiro com 1243 e também possui chances de conquistar o título.

A próxima etapa acontece em Kuopio, também na Finlândia, nesta segunda e terça-feira. Depois, embarcam para Oslo, na Noruega, para outras três provas. O encerramento acontece entre os dias 19 e 22 de março em Planica, na Eslovênia. 

Combinado Nórdico

Nas provas de combinado nórdico também registrou disputas no individual e por equipes em uma montanha HS 130 e 10km de cross-country. O japonês Akito Watabe conseguiu 28min56seg3 na parte final da prova e venceu o individual na frente de dois alemães. Johaness Rydzek ficou com a prata, três segundos atrás, e Fabian Riessle completou o pódio. 

Na prova entre seleções, a Alemanha confirmou o favoritismo e venceu com 30min39seg0 no revezamento 2x7,5km do cross-country. A França chegou na segunda posição, dez segundos atrás, e a Noruega ficou na terceira posição. 

Eric Frenzel não subiu ao pódio, mas segue na ponta do ranking da Copa do Mundo de Combinado Nórdico com 869 pontos. Watabe subiu para a segunda posição com 641 e deve terminar com o vice-campeonato nesta temporada.

A última etapa acontece em Oslo, Noruega, no dia 14 de março. Antes, porém, acontecerá um evento histórico: a cidade de Trondheim, na Noruega, realiza a primeira competição de combinado nórdico para adolescentes e mulheres! Para quem não sabe, a modalidade é o único esporte de inverno que ainda não aceita a participação feminina. 

Akito Watabe comemora a vitória (Reprodução/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.