Esqui alpino brasileiro em boa fase

Michel Macedo (Divulgação)

Dois jovens da equipe de esqui alpino do Brasil encararam provas de esqui alpino nesta semana. Michel Macedo, nos Estados Unidos, e Fabio Guglielmini, na Itália, conquistaram bons resultados em suas carreiras e mantiveram a boa fase da modalidade por aqui. 

Encarando as provas de velocidade pela primeira vez, Michel Macedo, 16 anos, conseguiu bons resultados em provas no resort norte-americano de Cooper Mountain. Ele competiu em duas descidas de downhill e outra de Super G. 

Na primeira corrida do downhill o jovem brasileiro terminou na 53ª posição dentre os 63 que completaram a prova, com o tempo de 1min11seg22 e 132.60 pontos FIS - o vencedor foi Sky Kelsey, dos EUA, com 1min07seg29 e 59.60 pontos. Na segunda ele melhorou seu desempenho: ficou em 50º com 1min09seg58 e 129.63 pontos. A vitória novamente ficou com Kelsey ao marcar 1min05seg30 e 47.70 pontos. 

Por fim, no Super G, Michel foi o 33º com 1min16seg77 e 110.13 pontos FIS. No total, 51 atletas terminaram a descida e a primeira posição foi do norte-americano Christian Gallagher, com 1min13seg25 e 58.23 pontos FIS. 

Enquanto um brasileiro competia nos EUA, outro se aventurava na Itália. Fabio Guglielmini participou de uma prova de slalom gigante em Falcade/San Pellegrino. O jovem de 20 anos ficou na 31ª colocação, com 2min01seg34 e 77.17 pontos FIS. É o seu melhor resultado após retornar de uma grave contusão sofrida dois anos atrás. No total, 72 competidores terminaram as duas descidas e o italiano Phillip Karbon ficou com o título ao fazer 1min57seg05 e 41.25 pontos. 

A equipe de esqui alpino do Brasil está em reta final de preparação, mas antes devem participar de algumas provas regionais até o fim deste mês. O destaque é para Jhonatan Longhi. Mesmo flertando com a aposentadoria, ele estará presente na Copa do Mundo da modalidade em Kranjska Gora, na Eslovênia, no dia 15 de março. 

Fabio Guglielmini (Divulgação)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.