Despedida paralímpica

André Cintra em ação no Mundial (Reprodução)

Após conseguir um bom resultado na prova de snowboardcross no início da semana, o brasileiro André Cintra encerrou sua participação no Mundial de para-snowboard no último sábado. Ele encarou pela primeira vez a prova de banked slalom, uma categoria específica no circuito paralímpico e que mistura cross com slalom gigante.

Mesmo desacostumado com essa competição, André não fez feio. Ele terminou na sétima posição da categoria LL1 (amputados acima do joelho) com o tempo combinado de 1min59seg68, obtido nas suas duas primeiras descidas - cada pessoa faz três tomadas de tempo e as duas melhores são somadas no fim. 

O brasileiro chegou à frente de um rival e ficou 23 segundos atrás do holandês Chris Vos, campeão mundial com 1min36seg61. Aliás, Vos é o grande nome do snowboard paralímpico na categoria e André e já havia conquistado o ouro no cross. 

Com uma medalha inédita em etapa da Copa do Mundo e ótima participação no Mundial paralímpico de snowboard, André Cintra se despede da temporada com a certeza de que fincou seu nome entre os pioneiros dessa modalidade e segue forte no ciclo paralímpico até os Jogos de 2018 em Pyeongchang, na Coreia do Sul. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.