Biatlo conhece os campeões da temporada

Darya Domracheva comemora vitória e título geral (IBU/Evgeny Tumashov)

O fim de temporada foi corrido para os atletas do Biatlo. O calendário condensou a disputa do Mundial da modalidade em Kontiolahti, na Finlândia, e logo na sequência a última e decisiva etapa da Copa do Mundo em Khanty-Mansiysk, na Rússia. Os favoritos tiveram que se desdobrar para conquistar bons resultados. 

A primeira parte do Mundial o Brasil Zero Grau já disponibilizou os resultados (confira aqui). Na segunda metade tivemos quatro provas individuais e duas por equipe. A russa Ekaterina Yurlova venceu os 15km individual com 41min32seg2 e nenhum tiro desperdiçado, enquanto que a ucraniana Valj Semerenko levou a melhor na largada coletiva 12,5km com 34min32seg9. 

Entre os homens, o francês Martin Fourcade venceu no individual 20km com 47min29seg4 e um tiro errado. Já o esloveno Jakov Fak levou o título mundial na largada coletiva 15km com 36min24seg9 e um tiro desperdiçado nas paradas. Por fim, na disputa por equipes, as seleções da Alemanha se destacaram. As mulheres venceram no 4x6km com 1h11min54seg6 e os homens levaram a melhor nos 4x7,5km com 1h13min49seg5. 

Copa do Mundo

Menos de três dias depois do encerramento do Mundial, os atletas já estavam em solo russo para definirem os melhores atletas da Copa do Mundo de Biatlo. Seis provas foram realizadas e consagraram os multicampeões Martin Fourcade e Darya Domracheva, da Bielorrússia. 

Eles conquistaram o título geral da temporada em um disputa apertadíssima. O competidor da França somou 1042 pontos no total, contra 978 do russo Anton Shipulin. Já a tricampeã olímpica Domracheva conseguiu 1092 pontos e ultrapassou a finlandesa Kaisa Makarainen justamente na última etapa. 

Ambos conquistaram um ouro cada na última etapa. Fourcade venceu o Sprint 10km com 23min47seg0 e desempenho perfeito no estande de tiro. Já a bielorrussa conseguiu a vitória na prova de perseguição 10km com a marca de 28min14seg4 e um tiro errado. 

Makarainen bem que tentou e venceu o Sprint feminino 7,5km, mas não foi o suficiente para impedir a virada. Shipulin também se esforçou e foi o terceiro na perseguição 15km e vice na prova de largada coletiva 15km (os vencedores foram o canadense Nathan Smith e o eslovaco Jakov Fak, respectivamente), mas não conseguiu alcançar o líder do ranking. Fechando a última prova da temporada, a alemã Laura Dahlmeier venceu na largada coletiva feminina 12,5km com 35min08seg2 e nenhum tiro errado. 

Além do título geral, Fourcade foi o melhor também nas categorias de Sprint e Perseguição. Shipulin foi o melhor atleta na largada coletiva e o ucraniano Sergey Semenov venceu na prova individual. Entre as mulheres, Domracheva levou o título apenas no sprint enquanto Kaisa Makarainen venceu no individual e perseguição - a alemã Franziska Preuss foi a melhor na largada coletiva. 

As competições no Biatlo entram de férias neste momento, mas por pouco tempo. Em junho os atletas retornam aos treinamentos e em agosto acontece o Mundial de Verão da modalidade na cidade romena de Cheile Gradistei. 


Martin Fourcade na volta da vitória para o público presente (IBU/Evgeny Tumashov)

Confira um resumo da temporada neste vídeo produzido pela IBU:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.