Recorde quebrado!

Guilherme Grahn em ação (Divulgação/CBDN)

Já havia falado aqui anteriormente que era questão de tempo para Guilherme Grahn e Michel Macedo quebrarem os recordes nacionais estipulados por Jhonatan Longhi nos últimos anos. Cedo ou tarde iria acontecer. Pois bem, o primeiro deles caiu neste fim de semana em Jaervsoe, na Suécia, com Guilherme. 

Na segunda prova de slalom, no domingo, o jovem brasileiro de 17 anos conseguiu o tempo de 1min47seg87 e incríveis 39.59 pontos FIS. É a primeira que um esquiador do Brasil ultrapassa a barreira de 40 pontos no ranking da Federação Internacional. A melhor marca do país era de 40.03 pontos e pertencia a Jhonatan Longhi desde março de 2012!

De quebra, Guilherme ainda terminou na décima colocação, apenas 2seg65 atrás do sueco Casper Stein-Lagerheim, vencedor da prova. No total, 28 competidores completaram as duas descidas. 

O fim de semana perfeito começou com outra prova de slalom, onde Guilherme terminou na 11ª posição com 1min48seg66 e 54.77 pontos FIS - Rickard Kaahre venceu com 1min43seg30. 

"É incrível! Estou muito empolgado e é um sentimento muito bom. Sinto-me melhor a cada semana", confessou o brasileiro pelo release divulgado pela CBDN.  

A tendência é esta marca cair cada vez mais nos próximos anos. Guilherme nem completou 18 anos ainda e tem muito a evoluir nos próximos anos. Ao lado de Michel Macedo, deve elevar o esqui alpino nacional a um outro nível e, quem sabe, até colocar o país no cenário da Copa do Mundo da modalidade!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.