Mundial Esqui Nórdico, dia 1 - Estreia

Equipe brasileira no Mundial de Cross-Country (Reprodução/Facebook)

Ao contrário do Mundial de Esqui Alpino, onde os brasileiros estrearam apenas na reta final da competição, o Brasil já competiu logo no primeiro dia do Mundial de Esqui Nórdico, na cidade sueca de Falun. Três atletas representaram o país nas provas de 5km feminino e 10km masculino, classificatórias para outras provas de distance na competição. 

Mirlene Picin, no feminino, e Leandro Lutz e Fabrizio Bourguignon, no masculino, tentaram uma das dez vagas de cada gênero. A competição contou com atletas que não conseguiram um resultado melhor ou igual a 90 pontos FIS entre os homens ou 120 pontos entre as mulheres no último ano - como era o caso dos brasileiros.

Eles não conseguiram ficar entre os dez primeiros, mas mesmo assim registraram bons resultados. Mirlene Picin, por exemplo, ficou na 22ª posição, com o tempo de 16min23seg1 e 295.79 pontos FIS. A vencedora foi a chinesa Chunxue Chi, com 13min33seg8 e 42 atletas terminaram a prova. 

Nos 10km masculino, Leandro Lutz foi o melhor brasileiro ao terminar na 54ª posição com o tempo de 30min05seg3 e 301.92 pontos FIS. Fabrizio chegou logo atrás, na 57ª colocação, com 31min41seg2 e 355.31 pontos - Leandro Ribela não competiu nesta prova. No total, 66 atletas terminaram a prova, vencida pelo búlgaro Stanimir Belomazhev com 23min56seg8. 

Nem dá tempo para lamentar ou comemorar o resultado. A equipe masculina retorna à neve nesta quinta-feira, dia 19, para a prova de sprint em técnica clássica. O Mundial de Esqui Nórdico também terá disputa da classificatória de esqui saltos feminino.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.