Jogo 3 - Despedida

Técnico e reservas do Brasil observam o jogo (Reprodução/Chad McMullan)

Como todos já esperavam, a terceira partida do America's Challenge Curling definiu a parada. A seleção dos EUA venceu o Brasil novamente por 9 a 4 e fechou a série melhor de cinco em 3 a 0. O jogo aconteceu na madrugada de sábado para domingo em Blaine, Minnesota, cidade escolhida para receber este confronto. 

O triunfo valeu a segunda vaga do continente para o Mundial da modalidade, em março deste ano - o Canadá já tinha assegurado sua posição anteriormente. Esta foi a terceira vez que a seleção brasileira desafiou a equipe norte-americana por uma vaga na elite do esporte, e pela terceira vez saiu derrotado (os outros jogos foram em 2009 e 2010). 

Mas isso não quer dizer que o Brasil não evoluiu, pelo contrário. Mesmo remontando a seleção na temporada passada após três anos de inatividade, a equipe conseguiu equilibrar as três partidas, surpreendendo e até mesmo assustando os torcedores locais presentes na disputa. Faltaram detalhes para o país vencer o primeiro e o segundo confronto, por exemplo. 

Mesmo sem a vaga no Mundial, os jogadores brasileiros têm o que comemorar após estas três partidas. Não só pela garra demonstrada, mas por ver que o trabalho iniciado em 2014 está no caminho certo. Resta, agora, mantê-lo e fortalecê-lo. Para isso, serão necessários mais treinos, competições e até torneios nacionais, colocando toda a rapaziada para competir e formar uma seleção forte nos próximos meses. O sonho não pode parar!

Relato do jogo

Era uma partida de vida ou morte para o Brasil, mas os EUA nem se importaram com isso. Os atletas da casa aproveitaram o fato dos brasileiros não estarem acostumados com uma sequencia apertada de jogos e apertaram o ritmo na primeira metade do jogo. Resultado: três pontos no primeiro end, outros três no terceiro e o placar já estava 6 a 1 para os norte-americanos após três períodos. 

A desvantagem logo no começo jogou um balde de água fria nos brasileiros. A seleção zerou o quarto end e até ameaçou uma reação no quinto após marcar dois pontos e descontar para 6 a 3. Porém, a equipe de Heath McCornick fez mais um ponto no sexto e outros dois no oitavo - o Brasil fez um no sétimo e conseguiu fechar o placar em 9 a 4. Os dois times concordaram em não jogar os dois últimos períodos. 

Com a série fechada em 3 a 0, as duas partidas previstas neste domingo não irão acontecer. Os jogadores dos EUA focam, agora, no Nacional de Curling nos próximos dias e o torneio deve definir os representantes no Mundial da modalidade. Enquanto isso, os brasileiros devem fechar o planejamento da temporada, incluindo a equipe masculina, feminina e as duplas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.