Força escandinava no esqui nórdico

As modalidades de esqui nórdico realizam suas últimas provas antes dos Mundiais da modalidade, que começam já nesta próxima semana. Confira os resultados das Copas do Mundo de Esqui Cross-Country e Biatlo, que aconteceram respectivamente na Suécia e Noruega.

Esqui Cross Country

Charlote Kalla comemora vitória em casa (NordicFocus)

Após este fim de semana, a sueca Charlotte Kalla pode ser considerada uma heroína nacional no país escandinavo. Isso porque ela conseguiu quebrar a hegemonia da Noruega, país vizinho e principal rival da Suécia na etapa de Östersund da Copa do Mundo de Cross-Country.

Kalla conseguiu a vitória nos 10km técnica livre, com o tempo de 23min26seg1, deixando a multicampeã norueguesa Marit Bjoergen com a prata, 36 segundos atrás. A também norueguesa Therese Johaug ficou com o bronze ao marcar 24min19seg7. 

Foi a única das quatro medalhas distribuídas na cidade sueca que não parou nas mãos da Noruega. Ainda entre as mulheres, mas com o sprint clássico, Bjoergen venceu a bateria decisiva e viu sua compatriota Maiken Falla ficar na segunda posição - Stina Nilsson, da Suécia, foi bronze. 

Entre os homens, Finn Haagen Krogh venceu o sprint clássico, à frente do canadense Alex Harvey, segundo colocado, e do norueguês Timo Baaken, bronze. Nos 15km técnica livre, Krogh conseguiu o segundo ouro do fim de semana, com 32min46seg0. Maurice Manificat, da França, ficou com a prata, 13 segundos atrás, e o sueco Marcus Hellner completou o pódio. 

Foi a última etapa da Copa do Mundo de Cross-Country antes da disputa do Mundial da modalidade, que começa nesta semana em Fallun, também na Suécia. 

Biatlo

Equipe da República Tcheca comemora a vitória (IBU/Christian Manzoni)

Se a Noruega derrotou os rivais escandinavos no esqui cross-country, ela provou do próprio veneno na Copa do Mundo de Biatlo. Oslo, capital norueguesa, organizou a oitava etapa, mas viu atletas de outros países da Europa dominarem as disputas.

A finlandesa Kaisa Makarainen venceu nos 15km individual feminino com o tempo 43min54seg8 e nenhum tiro desperdiçado. A bielorrussa Darya Domracheva ficou com a prata, pouco mais de um minuto atrás. Veronika Vitkova, da República Tcheca, foi bronze. 

Nos 20km individual masculino, a vitória foi do francês Martin Fourcade com 51min26seg8 e nenhum tiro errado. Ele chegou 14 segundos à frente do russo Evgeniy Garanichev, medalhista de prata. O ucraniano Sergey Semenov ficou na terceira posição. 

Depois tivemos as provas de sprint. Darya Domracheva se vingou da disputa individual e venceu os 7,5 km para as mulheres com 20min35seg7 e desempenho perfeito no estande de tiro. A alemã Laura Dahlmeier ficou com a prata e a francesa Marie Habert foi a terceira colocada. Nos 10km para os homens, a Alemanha venceu com Arnd Peiffer, que completou a prova em 24min57seg00 e nenhum tiro errado. Fourcade chegou na segunda colocação e Anton Shipulin, da Rússia, fechou o pódio. 

Por fim aconteceram as provas por equipe. A equipe da República Tcheca venceu o 4x6km feminino com 1h11min10seg6, à frente de Itália, prata, e França, bronze. Já a seleção russa venceu no 4x7,5km masculino com 1h16min16seg6, deixando a Alemanha com a prata e a Áustria com o bronze. 

Esta também foi a última etapa da Copa do Mundo de Biatlo antes do Mundial da modalidade. Nesta semana acontece as provas júnior em Minsk, na Bielorrússia. Depois, no início de março, tem o Mundial adulto em Kontiolahti, na Finlândia. Apenas no primeiro caso teremos participação de brasileiros.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.