Doce rotina

Rhaick Bonfim, uma das promessas brasileiras (Reprodução/Ski na Rua)

Na semana passada a equipe brasileira de esqui cross-country conquistou medalhas noturnas em Äs, na Suécia. Nesta semana os atletas mantiveram a boa fase e voltaram a subir no pódio em outra prova realizada na mesma cidade. 

Dessa vez todos os atletas que estão concentrados no país escandinavo participaram da competição. No total, foram sete medalhas conquistadas nas faixas etárias e outras quatro na classificação geral, mostrando que tanto a nova quanto a atual geração de "maratonistas da neve" da CBDN estão evoluindo muito bem!

O principal destaque foi a jovem Gabriela Neres. Na prova de 7,5km largada coletiva em técnica livre ela obteve o tempo de 31min25seg e venceu tanto na sua categoria (entre 17 e 20 anos) quanto no geral feminino. Bruna Moura, outra representante brasileira, fez o percurso em 32min02seg, levando ouro na categoria acima de 21 anos e bronze no geral. 

Entre os homens, destaque para Leandro Lutz. Ele venceu o duelo brasileiro na prova dos 10km livre acima de 21 anos com 34min57seg, deixando Paulo Santos com a prata e Leandro Ribela com o bronze. Na classificação geral, ele ainda ficou com a segunda posição, atrás apenas do sueco Edvard Sundman, com 30min02. 

Ainda na classificação geral, Victor Santos foi bronze ao marcar 35min04seg - na faixa etária entre 17 e 20 anos ele ficou atrás apenas de Sundman. Nesta categoria, Caio Moreira ainda levou o bronze. Por fim, o jovem Rhaick Bonfim ainda conseguiu uma ótima 11ª colocação nos 2,5 km para jovens de 13 e 14 anos. O brasileiro teve o tempo de 10min43seg - Robin Ivansson foi o primeiro com 8min09seg. 

O time brasileiro de cross-country segue treinando forte na Suécia para esta reta final de temporada. Leandro Lutz e Leandro Ribela, mais experientes, focam no Mundial da modalidade, no fim de fevereiro. Os mais jovens seguem alternando atividades físicas e competições regionais para ganharem mais ritmo de prova.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.