Alemanha, mais uma vez

Tobias Wendl e Tobias Arlt (Denis Trapp Fotografie)

Nada como voltar ao lar para retomar o domínio do esporte. Após alguns tropeços nas últimas semanas nas etapas da Copa do Mundo e do Campeonato Mundial de Luge, os atletas alemães mostraram no último fim de semana que continuam soberanos na modalidade. Eles simplesmente conquistaram oito das nove medalhas das provas tradicionais na etapa realizada em Altenberg. 

Foram dois pódios triplos para a Alemanha. O primeiro no masculino, encabeçado por Felix Loch, com 1min48seg193, seguido por Johaness Ludwig, prata, e Andi Langenham, bronze. Depois, o país dominou o pódio no feminino: Natalie Geisenberger venceu com 1min45seg585. Tatjana Huefner ficou na segunda posição e Dajana Eitberger com a terceira. 

Apenas nas duplas um país conseguiu furar esse domínio - até porque apenas duas equipes de cada nação podem competir. Os letões Andris e Juris Sics ficaram com o bronze, atrás dos alemães Tobias Wendl e Tobias Arlt, vencedores com 1min23seg146, e Toni Eggert e Sascha Benecken, medalhistas de prata. 

Sprint


A Copa do Mundo de Luge em Altenberg também contou com provas de sprint, novo formato de competição testado pela Federação Internacional de Luge nesta temporada. O domínio alemão prosseguiu, mas com menos força do que nas categorias tradicionais. 

No masculino, Felix Loch voltou a vencer com 32seg826. Samuel Edney, do Canadá, ficou com a prata e Inars Kivienieks, da Letônia, com o bronze. No feminino, a norte-americana Erin Hamlin superou as alemãs e venceu com 37seg751 - Dajana Eitberger e Natalie Geisenberger ficaram na segunda e terceira posições, respectivamente. Por fim, nas duplas, Eggert e Benecken ficaram com o ouro ao marcarem 27seg790 - os irmãos Sics ficaram com a prata e Wendl e Arlt com o bronze.

A próxima etapa da Copa do Mundo de Luge acontece no próximo fim de semana, entre os dias 28 de fevereiro e 1º de março, na cidade russa de Sochi. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.