Vitória norueguesa

Anders Jacobsen comemora vitória no Four Hills (Divulgação/FIS)

Fazer a melhor marca na qualificação não é sinônimo de sucesso para a rodada decisiva no esqui saltos. A condição da neve, o fator psicológico, a força dos ventos... tudo pode atrapalhar o desempenho de atletas que conseguiram bons saltos no primeiro dia de disputa. Porém, o norueguês Anders Jacobsen não deu ouvidos para isso. 

Competidor experiente, com 29 anos, dez vitórias em Copas do Mundo e dono de uma medalha olímpico, ele não deu chances para os rivais na segunda prova do Four Hills, tradicional torneio da modalidade na virada do ano. A disputa aconteceu na cidade alemã de Garmisch-Partenkirchen. 

Jacobsen conquistou a nota de 286 pontos na somatória de seus dois saltos e levou o ouro com sobras. O suíço Simon Ammann mostrou que está recuperado e ficou com a prata ao obter 279.4 pontos. Peter Prevc conquistou seu segundo bronze no campeonato com 276.9. 

"Eu estive surpreso com meus saltos ontem. Em Oberstdorf [primeira etapa], eu não consegui mostrar meu bom desempenho, mas aqui eu tive seis saltos fantásticos e espero continuar saltando neste nível", revelou o campeão em Garmisch-Partenkirchen. 

A penúltima etapa do Four Hills acontece entre os dias 3 e 4 de janeiro em Innsbruck, na Áustria. O líder momentâneo é o austríaco Stefan Kraft, que venceu a etapa inaugural e tem 561.9 pontos no total. Peter Prevc é o segundo, com 560.8, e Michael Hayboeck, também da Áustria, é o terceiro com 554.8. 

Na Copa do Mundo, porém, Hayboeck pulou à frente com 549 pontos. Anders Fannemel, da Noruega, e Roman Koudelka, da República Tcheca, estão empatados na segunda posição, com 530 pontos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.