Tour de Ski - Final

Marit Bjoergen é carregada pela equipe norueguesa (NordicFocus)

São 29 medalhas olímpicas e mundiais, sendo 18 de ouro. Mais de 90 títulos em etapas da Copa do Mundo. E desde o domingo, 11 de janeiro, campeã do Tour de Ski. Marit Bjoergen, da Noruega, finalmente conquistou o único título que faltava em sua vitoriosa carreira. Ao lado de Martin Sundby, seu compatriota, ela ratificou o domínio do país escandinavo no esqui cross-country. 

Bjoergen venceu o Tour com um tempo total de 2h34min44seg4, quase dois minutos à frente da também norueguesa Therese Johaug. Aliás, o domínio do país no feminino foi constante: não houve atleta de qualquer outra nação nos sete pódios do campeonato. No masculino, Sundby conseguiu virar na última etapa e derrotar Peter Northug Jr por uma diferença de 35 segundos. 

"É uma grande vitória para mim. Vencer o Tour de Ski é um objetivo de longa data. Demorei nove anos para atingi-lo! É um sentimento indescritível e é maravilhoso compartilhá-lo com minhas colegas de equipe. Elas significam tanto para mim: me motivaram e me empurraram em todos os treinos diários", comentou Marit Bjoergen. 

Ela dominou completamente o Tour 2015. Das sete etapas, venceu seis. Apenas na penúltima etapa, realizada em Val di Fiemme no sábado, ela não chegou ao lugar mais alto do pódio. Therese Johaug fez 33min10seg4 na prova de 10km em técnica clássica e ficou um segundo à frente de Bjoergen - Heidi Weng completou o pódio.

A vitória na penúltima etapa, porém, foi pouco para tirar a norueguesa da liderança geral. Na última prova, neste domingo, ela voltou a vencer, com o tempo de 33min27seg5 nos 9km perseguição em técnica livre, deixando Johaug com a prata e Weng com o bronze. 

No fim, a Noruega teve nada menos do que as quatro primeiras colocações do Tour de Ski 2015. Já Bjoergen, além disso, dispara no ranking da Copa do Mundo. Agora, ela conta com 1588 pontos, contra 1138 de Johaug. 

Equilíbrio masculino

Martin Sundby sagra-se bicampeão (NordicFocus)

Entre os homens a disputa foi intensa e decidida, literalmente, na última prova. No sábado, nos 15km em técnica clássica, Peter Northug Jr perdeu a chance de se distanciar dos rivais e viu a etapa ser decidida no photo-finish. 

O alemão Tim Tschnarnke  e o cazaque Alexey Poltoranin tiveram o mesmo tempo no cronômetro oficial da FIS (46min48seg8), mas no recurso chegaram a conclusão que a vitória foi do atleta da Alemanha - a segunda da carreira. Dario Cologna, da Suíça, completou o pódio.

A liderança prosseguiu com o norueguês Peter Northug Jr, que largou com cerca de dois segundos de vantagem na prova de perseguição em 9km técnica livre. Entretanto, ele a manteve por pouco tempo. Em evolução na temporada, Sundby disparou na ponta e venceu com 29min27seg4, enquanto Northug Jr foi prata com 30min01seg9 - o russo Evgeny Belov ficou com o bronze e a terceira posição no Tour de Ski. É o segundo título consecutivo de Sundby no Tour de Ski.

O desempenho no Tour elevou os líderes à liderança do ranking da Copa do Mundo. Martin Sundby assumiu a ponta com 1189 pontos, enquanto Peter Northug Jr está em segundo com 849. 

Veja cliques da prova de sábado:

Therese Johaug comemora vitória no sábado (NordicFocus)


Photo-finish mostra vitória de atleta alemão (Reprodução)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.