Reta final

Marit Bjoergen dispara na liderança (NordicFocus)

São seis ouros olímpicos, doze em Mundiais e, depois desta quinta-feira, 89 triunfos em etapas da Copa do Mundo de esqui cross-country. Esses são números da norueguesa Marit Bjoergen, lenda dos esportes de inverno. Porém, resta um único título para a carreira da atleta: o Tour de Ski. Algo que deve acontecer nesta temporada.

Para falar a verdade, só um desastre tira o troféu dela em 2015. Nesta quinta-feira ela manteve o 100% no Tour e conquistou a quinta etapa disputada em Toblach, na Itália. A competidora da Noruega completou os 15km de perseguição em técnica livre em 36min37seg9, à frente das compatriotas Heidi Weng e Therese Johaug. Aliás, que fase das atletas do país escandinavo: os cinco pódios femininos contaram com norueguesas. 

"Nenhuma vitória é fácil, mas eu me senti incrivelmente forte e pude focar apenas no meu desempenho. A situação está boa para mim, mas ainda há duas competições até o final", comentou a vencedora, focada como sempre. 

Com cinco vitórias enfileiradas, Marit Bjoergen ampliou a liderança da competição com o tempo acumulado de 1h28min25seg6, mais de dois minutos à frente de Heidi Weng - Therese Johaug está na terceira posição. Pode parecer pouco, mas não é. Dois minutos no esqui cross-country é uma eternidade, ainda mais quando falamos de Marit Bjoergen. 

Tanto que no masculino a vantagem é mínima. O norueguês Peter Northug Jr venceu os 25km de perseguição na técnica livre em Toblach com o tempo de 53min56seg9. O problema é que seus dois rivais apareceram logo atrás. Calle Halfvarsson, da Suécia, ficou com a prata e Martin Sundby, da Noruega, foi bronze. 

Northug Jr. segue na liderança do torneio com 2h10min36seg5, sete segundos à frente de Halfvarsson e doze segundos de Sundby. "É o encerramento do Tour de Ski e ainda veremos o que acontece na largada coletiva em Val di Fiemme", afirma o líder masculino, dono de dois ouros olímpicos e sete títulos mundiais.

A cidade italiana será palco das duas últimas etapas do Tour de Ski neste fim de semana. Por mais que a disputa esteja aberta, principalmente entre os homens, tudo está caminhando para que duas lendas norueguesas do esqui cross-country quebrem o tabu e conquistem o único título que ainda lhes restam.

Martin Sundby e Peter Northug Jr: amigos e rivais (NordicFocus)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.