Pensão sancionada

Lais Souza com Mara Gabrilli (Reprodução)

Após ser aprovado de forma unânime no Congresso Federal, o projeto de lei que cria uma pensão vitalícia para a atleta Lais Souza finalmente foi sancionado pela presidente Dilma Rousseff. A lei foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira. 

A partir de agora, a ex-ginasta e esquiadora receberá R$ 4.390,24, o valor máximo do Regime Geral de Previdência. É bom salientar que o benefício é pessoal e não transmitido a herdeiros. A pensão será atualizada periodicamente, seguindo os critérios da Previdência Social.

O projeto de lei foi apresentado pela deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) e segue os moldes do benefício já concedido para os campeões mundiais de futebol nas Copas de 1958, 1962 e 1970. A justificativa é o fato dela ter representado o Brasil em competições internacionais. 

Como você está cansado de saber, Lais sofreu um acidente de esqui no dia 27 de janeiro de 2014, na véspera de conseguir uma vaga no esqui aerials nos Jogos de Inverno em Sochi. Ela perdeu os movimentos dos braços e pernas, mas segue tratamento para recuperar a sensibilidade nos locais. 

O desafio, agora, é fazer com que esta nova lei seja válida para todas as modalidades. Afinal de contas, quem compete pelo Brasil em provas internacionais também está sujeito a sofrer acidentes e, principalmente, são poucos os que possuem uma excelente condição financeira. Esse projeto de lei já está em trâmite no Congresso Federal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.