Oh, Canadá!

Bateria de esqui cross no primeiro dia (GEPA Pictures)

A etapa da Copa do Mundo de esqui cross aconteceu em Val Thorens, na França, mas foi uma atleta do Canadá que brilhou neste fim de semana. Marielle Thompson, campeã olímpica, mostrou sua força e conquistou as duas provas femininas realizadas.

Na primeira competição, realizada na sexta-feira, ela venceu a bateria final, deixando Georgia Simmerling, também do Canadá, com a medalha de prata e a francesa Alizee Baron com o bronze. No dia seguinte, Marielle voltou a ser soberana e conquistou o ouro - a sueca Anna Holmlund ficou na segunda posição e a francesa Ophelie David na terceira colocação. 

Com dois triunfos consecutivos, a canadense dispara no ranking feminino da Copa do Mundo, com 300 pontos. Simmerling está na segunda posição com 205 e Holmlund é a terceira com 175. 

Entre os homens, o destaque foi dos atletas da Europa Central. O alemão Andreas Schauer conquistou sua primeira vitória na carreira ao triunfar na prova da sexta-feira. Ele frustrou a torcida local ao deixar o francês Jean Frederic Chapuis com a prata - Johaness Rohrweck foi bronze. 

No sábado, foi a vez do suíço Marc Bischofberger conquistar sua primeira vitória! Ele venceu a última bateria e mais uma vez deixou um atleta francês com a prata - dessa vez foi Jonathan Midol. A medalha de bronze ficou com o canadense Brady Leman. 

No ranking geral, a disputa está acirrada. Andreas Schauer assumiu a ponta com 153 pontos, apenas um a frente de Thomas Zangerl, da Áustria. Jean Frederic Chapuis está em terceiro, com 139. 

A próxima competição de esqui cross será a disputa do Mundial da modalidade em Kreischberg, na Áustria. As provas acontecem entre os dias 24 e 25 de janeiro.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.