Mundial de Snowboard & Esqui Livre #2

Lindsey Jacobellis com seu quarto título mundial (Oliver Kraus)

Isabel Clark não conseguiu avançar para a final de snowboardcross. Se estivesse na disputa, ela entraria na pista de Kreischberg, na Áustria, na tarde desta sexta-feira. E muito provavelmente veria a norte-americana Lindsey Jacobellis se consagrar como uma das principais atletas da modalidade. 

A competidora dos EUA conquistou hoje seu quarto título mundial com um aproveitamento incrível: venceu todas as disputas que participou. Além deste ano, conquistou o troféu em 2011, 2007 e 2005 (ela não competiu em 2009 e 2013). Só falta mesmo o título olímpico para consagrá-la como uma lenda do snowboard.

Para conquistar o tetracampeonato ela teve que passar por uma série de obstáculos. Na última bateria, por exemplo, ela derrotou a francesa Nelly Loccoz, medalhista de prata, e a italiana Michela Moioli, de bronze. Na semifinal, ela derrotou a canadense Dominique Maltais, outra favorita ao ouro. Eva Samkova, campeã olímpica, não passou da sexta posição. 

"O campeonato mundial sempre pareceu funcionar bem para mim. Mas neste ano foi definitivamente minha conquista mais difícil", confessa Lindsey Jacobellis. 

Se entre as mulheres o título ficou com uma das favoritas, entre os homens tivemos uma surpresa. O italiano Luca Matteoti conquistou o segundo título mundial de snowboardcross para o seu país. O atleta de 25 anos não era apontado como candidato ao ouro. De fato, ele venceu apenas uma etapa da Copa do Mundo na sua carreira e este é o seu primeiro pódio em mundiais. 

Ele derrotou atletas da América do Norte na decisão. O canadense Kevin Hill ficou com a prata e o norte-americano Nick Baumgartner foi o terceiro colocado. Líder na qualificação e favorito ao ouro, o australiano Alex Pullin terminou na sexta posição. O francês Pierre Vaultier, campeão olímpico, ficou apenas na 14ª colocação.

"Estou super feliz. As pistas da Áustria são boas para mim por conta do meu estilo. Eu não tenho a velocidade que os grandes atletas possuem, portanto preciso de percursos técnicos como encontro aqui", comentou o italiano, sem esconder a felicidade. 

Snow Halfpipe

Nesta sexta-feira também tivemos a qualificação do snowboard halfpipe em Kreischberg. No masculino, o francês Clemence Grimal obteve a melhor nota do dia, com 90 pontos, enquanto o chinês Xuetong Cai ficou em segundo, com 88.50. 

Entre as mulheres, a primeira colocação foi da australiana Scotty James, com 92.25 pontos. Sua compatriota, Kent Callister, ficou na segunda posição, com 91. Vale lembrar que a nota da qualificação não é utilizada na final. Portanto, deveremos ter mudanças na final, que será realizada neste sábado, fim de tarde. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.