Jovens no esqui alpino

Nathan Alborghetti (Divulgação)

Começou nesta segunda-feira mais uma edição do Troféu Borrufa, tradicional evento de esqui alpino no Principado de Andorra para jovens de até 16 anos. O Brasil marcou presença mais uma vez com os adolescentes Nathan Alborghetti e Eric Duquesne. Ambos estão no seu último ano antes de encarar as provas oficiais da FIS. 

Os dois estiveram presentes na prova de slalom sub-16 realizado ontem. Nathan, dono de medalhas nas edições anteriores, não teve tanta sorte dessa vez: abandono na segunda descida. Já Eric terminou na 54ª posição, com o tempo de 2min13seg16. O vencedor foi o argentino Juan Cruz Begino conquistou o ouro, com 1min20seg41 e provando a força da nova geração latino-americana. 

Ambos retornam às competições nos próximos dias. Nesta terça-feira, por exemplo, tem a disputa do slalom gigante. Na quarta acontece o super combinado e na quinta tem o encerramento com o Super G. A expectativa é por uma melhora nos brasileiros nos próximos dias. 

Adulto

No fim de semana também tivemos provas de brasileiros na categoria adulta do esqui alpino. Tobias Macedo, em reta final de preparação para o Mundial da modalidade, participou de três provas de slalom gigante em Mont Sainte Anne, no Canadá. 

Infelizmente, ele também não teve tanta sorte. Na primeira prova até que foi bem, terminando na 25ª posição com o tempo de 2min37seg62 e 161.59 pontos FIS - o vencedor foi o canadense William Bruneau-Bouchard, com 2min20seg23.

Nas outras duas, porém, Tobias não completou a prova. Em uma delas abandonou na primeira descida - Simon-Claude Toutant foi o vencedor. Na outra, caiu na segunda descida e viu Toutant conquistar o bicampeonato no resort canadense.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.