Jovens durões

Nic Petan, do Canadá, à esquerda (Andre Ringuette/HHOF-IIHF Images)

Eles têm entre 18 e 19 anos e ainda são coadjuvantes na badalada liga NHL de hóquei no gelo. Porém, pelo que demonstraram entre os dias 26 de dezembro e 5 de janeiro, alguns possuem boas chances de brilhar na modalidade. Nesta segunda-feira tivemos a decisão do Mundial Júnior de Hóquei no gelo com a consagração de uma nova geração canadense.

O país da América do Norte, principal representante deste esporte, conquistou o título sub-20 após uma vitória apertada sobre a Rússia por 5 a 4 e fez explodir a torcida local. É o primeiro troféu do país em cinco anos e o 16º no geral. A Eslováquia surpreendeu e terminou com o bronze após vencer a Suécia por 4 a 2 na disputa pelo bronze.

"É fantástico. Eu realmente queria ajudar o Canadá a voltar ao topo e todo mundo fez sua parte para conseguir este objetivo", comentou Curtis Lazar, capitão canadense.

O final feliz tinha tudo para ser tranquilo e inesquecível para a torcida canadense. Na metade do segundo período os donos da casa venciam por 5 a 1, com gols de Anthony Duclair, Nick Paul, Connor McDavid, Max Domi e Sam Reinhardt - Dmitri Yudin tinha descontado para a Rússia.

Porém, o país europeu também mostrou sua força e tradição. Em três minutos no fim do segundo período a Rússia fez três gols, com Barbashyov, Goldobin e Tolchinski, reacendendo as esperanças e colocando fogo na partida.

No terceiro e decisivo período os russos bem que tentaram. Foram 30 chutes no gol canadense, mas Fucale defendeu todas. O placar zerado garantiu o título canadense e a certeza de que a nova geração tem tudo para prosseguir com a rotina de vitórias do Canadá no hóquei no gelo.

Confira os melhores momentos da partida no vídeo abaixo!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.