Da promessa para a realidade

Stefan Kraft e o troféu do Four Hills (Divulgação/FIS)

Ele entrou no Four Hills como uma promessa que nunca havia vencido uma etapa da Copa do Mundo. Quatro provas depois, o austríaco Stefan Kraft sai como o novo campeão do Four Hills de esqui saltos. 

O título foi confirmado em casa, na cidade de Bischofshofen, sede da última prova do torneio. Para o jovem de 21 anos bastou a terceira posição com dois saltos conservadores que garantiram 271.3 pontos e a vitória na classificação geral. 

Para completar a festa da torcida, Michael Hayboeck, outro atleta da Áustria, venceu a disputa nesta terça-feira com 288.4 pontos e ficou em segundo no ranking. Noriaki Kasai, do Japão, ficou com a medalha de prata na última etapa e Peter Prevc, da Eslovênia, ficou na terceira posição do campeonato com as quatro provas somadas. 

"Eu estava extremamente nervoso. Sabia que poderia ganhar aqui e conquistar a águia dourada [troféu do Four Hills]. Meu segundo salto foi muito bom e sabia que Michael conseguiria saltar bem. Agora, eu realmente consigo imaginar a cerimônia de vitória", comentou Stefan Kraft ao Eurosport. 

A diferença entre ele e Hayboeck foi de apenas seis pontos. Com a dobradinha, a Áustria amplia seu domínio no Four Hills. O país europeu conquistou seu sétimo título seguido, em uma dinastia que começou em 

Dessa forma, Kraft consegue aumentar o recorde da Áustria no Four Hills. Este foi o sétimo título seguido do país europeu, em uma dinastia que começou com Wolfgang Loitzl em 2009 e contou com vitórias de Andreas Kofler, Thomas Morgenstern, Gregor Schilierenzauer (duas vezes) e Thomas Diethart. 

O bom desempenho no Four Hills também foi sentido no ranking da Copa do Mundo (as provas foram válidas pelo evento). Michael Hayboeck assumiu a liderança com 689 pontos. Stefan Kraft ocupa a segunda colocação com 617 e Prevc está em terceiro com 584. 

Os atletas austríacos terão pouco tempo para comemorar. Neste fim de semana já acontece mais uma etapa da Copa do Mundo em Tauplitz/Bad Mitterndorf, novamente na Áustria. 

Susto

Nem só de alegrias viveu o Four Hills nesta sua última etapa. O suíço Simon Ammann, um dos mais experientes e laureados da modalidade, sofreu um grave acidente após o segundo salto em Bischofshofen. 

Ele saltou 136 metros, mas caiu desequilibrado e bateu a cara no chão. Em um primeiro momento ele ficou desacordado e foi resgatado para hospital da região. De acordo com notícia publicada no site da FIS, o quadro de saúde de Ammann é estável e ele está consciente. Consegue mexer todos as partes do corpo e continua internado para realizar novos exames. 

O acidente foi destaque nos principais portais do Brasil, principalmente pelas fotos chocantes que sempre atraem cliques. Lamento, apenas, que um torneio tão importante e bonito como este ganhe espaço apenas com tragédias e polêmicas. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.