Acrobacias douradas

Ryan Stassel salta para o ouro na apresentação perfeita (Oliver Kraus/FIS)

Hoje foi dia de acrobacias no Mundial de Esqui Livre e Snowboard em Kreischberg, na Áustria. Isso porque aconteceram as finais de slopestyle para as duas modalidades, com a distribuição de doze medalhas no total. O interessante é que não houve um país dominante na disputa. 

Os EUA, por exemplo, conquistaram o título no snowboard masculino com Ryan Stassel. Ele teve a nota uma nota quase perfeita, com 97.50 pontos. O finlandês Roope Tonteri, favorito ao ouro, ficou com a prata ao marcar 93.75. O também norte-americano Kyle Mack fechou o pódio. 

Na mesma prova, entre as mulheres, a japonesa Miyabi Onitsuka surpreendeu e sagrou-se campeã mundial com 92.50 pontos na sua apresentação. A austríaca Anna Gaser ficou na segunda posição, com 89.50 e a eslovaca Klaudia Medlova foi a terceira com 84.25. 

Na disputa do slopestyle esqui livre, o ouro masculino foi do suíço Fabian Boesch com 92.60 pontos na última bateria. Russel Henshaw, da Austrália, foi o vice-campeão com 91.80 e Noah Wallace, dos EUA, conquistou o bronze com 82.40. 

Por fim, entre as mulheres, o título mundial ficou para a alemã Lisa Zimmermann com 85.80 pontos. Katie Summerhayes garantiu a prata para o Reino Unido com 82.80 pontos e Zuzana Stromkova, da Eslováquia, foi a terceira colocada com 77.60. 

Qualificação halfpipe

Ainda nesta quarta-feira, o Mundial organizou a qualificação para a final da prova de halfpipe no esqui livre. Kyle Smaine, dos EUA, foi o melhor do dia entre os homens com 84.80 pontos. Já a suíça Virginie Faivre teve a melhor nota entre as mulheres com 77.20. Vale lembrar que a nota de qualificação não é levada em conta na decisão, o que pode resultar em surpresas. As finais desta modalidade acontecem na quinta-feira com as provas de snowboard slalom paralelo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.