Surpresa!

Tucker West comemora com a torcida a inesperada vitória (Reprodução)

O domínio alemão do Luge  foi incrivelmente ameaçado pelos atletas norte-americanos durante a segunda etapa da Copa do Mundo da modalidade no último fim de semana. Com as provas disputadas em Lake Placid, nos EUA, os competidores locais contaram com o apoio da torcida para conquistarem as medalhas.

No masculino, o multicampeão alemão Felix Loch, por exemplo, sequer subiu ao pódio e terminou na longínqua sexta posição. O vencedor foi o norte-americano Tucker West, que fez a alegria da torcida da casa ao completar o percurso em 1min42seg117. Wolfgang Kindl, da Áustria, foi o segundo, sete décimos atrás. O italiano Dominik Fischnaller completou o inédito pódio sem a Alemanha com 1min43seg181. 

No feminino, Natalie Geisenberger tratou de recolocar a Alemanha no topo do pódio com 1min28seg173. Ela ficou mais de quatro décimos à frente de Erin Hamlin, dos EUA, que também surpreendeu ao ficar com a prata. A alemã Tatjana Hüfner ficou com o bronze ao completar com o tempo combinado de 1min28seg822. 

No tira-teima nas duplas, a Alemanha também levou a melhor e ainda contou com dobradinha. Toni Eggert e Sascha Benecken venceram com 1min27seg651, três décimos à frente de Tobias Wendl e Tobias Arlt. A dupla austríaca Peter Penz e Georg Fischler ficaram na terceira posição. 

Por fim, na disputa do revezamento por equipe, a constelação alemã venceu com sobras, ao completar o percurso em 2min34seg886. O time italiano ficou na segunda posição, seis décimos atrás. Já os norte-americanos levaram o bronze com 2min35seg638.

A terceira etapa da Copa do Mundo de Luge prossegue neste fim de semana, entre os dias 12 e 13 de dezembro. As descidas serão na pista de Calgary, no Canadá.

Selfie das estrelas alemãs após mais um ouro (Reprodução)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.