De tirar o fôlego

Na última semana faltou fôlego para quem gosta de esportes de endurance na neve. Tivemos as etapas das Copas do Mundo de Biatlo e Cross-Country! Confira todos os detalhes:

Cross-Country

Martin Sundby (NordicFocus)

Disputada em Lillehammer, na Noruega, a segunda etapa da Copa do Mundo de Cross-Country contou com novo show dos atletas da casa. Foram 16 das 18 medalhas em disputa para os competidores noruegueses. 

O domínio começou com provas de sprint. A lenda Marit Bjoergen venceu entre as mulheres em um pódio totalmente dominado pelas atletas da casa. Celine Brum-Lie foi prata e Heidi Weng a bronze. 

Entre os homens o título ficou para Paal Golberg, que conseguiu vencer o duelo com o russo Alexey Pethukov, que terminou com a prata. Finn Haagen Krogh, da Noruega, garantiu mais uma medalha para o país escandinavo.

No sábado, com provas de distance em técnica livre, a Noruega conquistou nada menos do que todas as medalhas em disputa. Nos 5km feminino, Therese Johaug conquistou mais um triunfo, com o tempo de 12min33seg7. Ela ficou apenas três décimos à frente de Marit Bjoergen - Weng mais uma vez levou o bronze. Nos 10km masculino, a vitória foi de Martin Sundby, com 22min55seg8. Haagen Krogh levou a prata com 22min58seg0 e Sjur Roethe fechou o pódio norueguês com 23min02seg2. 

Por fim, tivemos as provas de distance em técnica clássica. Nos 10km feminino, Marit Bjoergen deu o troco e levou o ouro com 28min19seg7, deixando Johaug com a prata. Heid Weng novamente chegou na terceira posição. Nos 15km masculino, Sundby levou sua segunda medalha dourada com 39min48seg2. Didrik Toenseth garantiu a dobradinha para a Noruega com 40min31seg9 e Alexey Poltoranin foi bronze com 40min41seg3. 

A terceira etapa da Copa do Mundo de cross-country acontece em Davos, na Suíça, entre os dias 13 e 14 de dezembro. 

Biatlo

Martin Fourcade, dono de dois ouros (Christian Manzoni/IBU)

A primeira etapa da Copa do Mundo de Biatlo aconteceu em Östersund, na Suécia. A primeira prova foi no distante 30 de novembro, com o revezamento misto. Nele, a França conseguiu uma vitória emocionante, com 1h15min05seg5, apenas dois décimos à frente da Noruega e Alemanha! No desempate, o time norueguês levou a prata. 

Depois, nos dias 3 e 4 de dezembro tivemos provas de distance. Nos 20km individual masculino, o ouro ficou para Emil Hegle Svendsen, com 53min25seg6 e incríveis 100% de aproveitamento no estande de tiros. Serhiy Semenov, da Ucrânia, foi o segundo colocado, com Michal Slesingr, da República Tcheca, na terceira posição.

Nos 15km feminino a bielorussa Darya Domracheva manteve a ótima forma da última temporada e venceu a disputa com 46min43seg6 e dois tiros errados. Kaisa Makarainen, da Finlândia, ficou com a prata ao chegar 27seg9 atrás. A ucraniana Valj Semerenko fechou o pódio com 47min21seg7. 

No sábado aconteceu as provas de sprint. Nos 10km entre os homens, o francês Martin Fourcade confirmou o favoritismo e venceu com 24min46seg6. Ondrej Moravec, da República Tcheca, foi prata com 25min14seg9 e o esloveno Jakov Fak foi bronze com 25min15seg3. 

Nos 7.5km feminino a vencedora foi Tiril Eckhoff, com 21min35seg5 e um tiro errado. A prata ficou para Veronika Vitkova, da República Tcheca, com 21min40seg1. Kaisa Makarainen completou o pódio com 21min43seg1. 

Por fim, foram realizadas as provas de perseguição. Entre as homens, nos 12.5km, mais um ouro para Martin Fourcade, que completou a prova em 33min54seg9. Anton Shipulin, da Rússia, foi prata ao chegar dez segundos atrás. Emil Svendsen foi o terceiro colocado com 34min21seg2. 

Nos 10km feminino veio a redenção de Makarainen. A finlandesa finalmente levou o ouro ao completar o percurso em 35min01seg7 e três tiros errados. Valj Semerenko foi a prata com 35min49seg6 e Dorothea Wierer, da Itália, completou o pódio com 35min50seg0. 

A segunda etapa da Copa do Mundo de Biatlo acontece entre os dias 11 e 14 de dezembro, na cidade austríaca de Hochfilzen.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.