Mais um passo

Seleção brasileira reunida (Divulgação)

Em novembro a seleção brasileira masculina de Curling participou da sua primeira competição oficial desde a retomada da modalidade, na temporada passada. Agora em dezembro os rapazes darão mais um passo rumo ao objetivo maior da temporada: o desafio contra os norte-americanos por uma vaga no Mundial, em janeiro. 

Até domingo a equipe masculina participará do torneio bonspiel Alexander Keith no clube Baie D'Urfé, em Montreal, no Canadá. O torneio conta com 20 times na disputa entre os homens e começou nesta quarta-feira. O "Time Brasil", como ficou conhecido a seleção, fará sua primeira partida nesta sexta-feira. Infelizmente a tabela oficial não foi divulgada pela orgnização.

Da mesma forma que no GEWC Open, em novembro, os jogadores sabem que o resultado não é o principal objetivo da seleção. A meta, mais uma vez, é manter a evolução técnica e o entrosamento até os dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro, data do America's Challenge. Marcelo Mello, César Santos, Filipe Nunes, Raphael Monticello e Sergio Mitsuo desafiam os EUA para mostrar que o Curling pode pegar neste país tropical.

Clínica

No último sábado, o capitão brasileiro Marcelo Mello participou da segunda clínica do projeto Curling para as Américas, realizado pela Federação Mundial com apoio da CBDG e da CCA (Associação Canadense de Curling). Como se sabe, o evento mostra a modalidade para os latino-americanos que residem nos países da América do Norte. 

Dessa vez, a cidade escolhida foi Ottawa, capital canadense. Todas as atividades com os 35 presentes aconteceram no Ottawa Curling Club. Houve uma introdução fora do gelo, com o básico da modalidade, e finalizou com instruções técnicas e jogos amistosos. 

As duas clínicas contou com cerca de 100 participantes e ainda vai visitar Vancouver e Toronto, no Canadá, e Boston e Nova York, nos EUA, ainda sem datas definidas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.