Festa alemã

Felix Neureuther (à dir) (Reprodução)

Todos os olhos estavam voltados para o austríaco Marcel Hirscher. Atual tricampeão da Copa do Mundo de esqui alpino e dominante nas provas clássicas neste ano, havia a expectativa de que ele voltasse à ponta do ranking geral após a disputa do slalom em Madona di Campiglio, na Itália, nesta segunda-feira. 

Porém, vai ter que ficar para a próxima e Kjetil Jansrud continua na liderança provisória. Marcel não conseguiu realizar uma "boa" prova para os seus padrões e terminou na sétima posição, longe do pódio. Sorte para a Alemanha, que conseguiu uma excelente dobradinha nos alpes italianos. 

O vencedor foi Felix Neureuther, que conseguiu o tempo combinado de 1min40seg57 - foi sua décima vitória em uma etapa da Copa do Mundo. Ele ficou quase um segundo à frente do compatriota Fritz Dopfer. O sueco Jens Byggmark completou o pódio com 1min41seg43. 

Dessa forma, Jansrud segue na ponta do ranking, com 610 pontos. Hirscher somou apenas 36 pontos e continua em segundo com 576. Alexis Pinturault, da França, é o terceiro com 349 e observa de longe o duelo entre os dois. A Copa do Mundo de esqui alpino dá uma breve parada para os atletas curtirem o Natal, mas retorna no dia 26 com provas em Santa Caterina Valfurva, na Itália, e em Kuehtai in Tirol, na Áustria.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.