Correndo atrás

Lillehammer, na Noruega, foi a capital dos esportes de inverno na última semana. A cidade, que sediará os Jogos de Inverno da Juventude em 2016, recebeu provas de Copas do Mundo de esqui saltos e combinado nórdico. Veja os resultados:

Combinado Nórdico

Fabian Riessle (nº 23) (Divulgação/FIS)

A segunda etapa da Copa do Mundo de Combinado Nórdico contou com duas provas individuais de HS 138 em saltos e 10km de cross-country. Na primeira delas, no dia 6, o alemão Eric Frenzel venceu com 25min01seg9, três segundos à frente do seu compatriota Fabian Riessle, prata, e doze segundos do norueguês Jan Schmid, medalhista de bronze. 

No dia seguinte a Noruega deu o troco. Mikko Kokslien venceu com 25min49seg8, com Riessle logo atrás novamente em segundo. O francês Jason Lamy Chapuis completou o pódio com 25min50seg7. 

As duas medalhas de prata conquistadas por Fabian Riessle neste fim de semana o colocou na liderança do ranking, com 200 pontos. Eric Frenzel é o segundo colocado, com 153. A Copa do Mundo de Combinado Nórdico volta no próximo dia 20 de dezembro, com provas em Ramsau (Áustria). 

Esqui Saltos

Peter Prevc salta para conquistar a prata (Divulgação/FIS)

Ainda na cidade norueguesa, tivemos a terceira etapa da Copa do Mundo de esqui saltos masculino e a primeira entre as mulheres. As provas foram disputadas em Normal Hill (montanha normal), com 138 metros entre os homens e 100 no feminino.

Nesta categoria a eslovena Spela Rogelj começou com o pé direito. Ela somou 267.3 pontos e ficou à frente da austríaca Daniela Iraschko-Stolz, medalhista de prata, e da japonesa Sara Takanashi, terceira colocada. 

No masculino tivemos duas descidas. Na primeira, o austríaco Gregor Schilierenzauer, um dos melhores atletas do mundo, venceu com sobras ao marcar 302.7 pontos. Anders Fannemel, da Noruega, foi o segundo com 299.8 e Michael Hayboeck, da Áustria, fechou o pódio com 294 pontos.

Na segunda o tcheco Roman Koudelka venceu sua segunda prova na temporada com 153.9 pontos. Peter Prevc, da Eslovênia, fez 149.9 pontos e ficou com a prata. Hayboeck chegou novamente em terceiro, com 149.4 pontos. 

Com a vitória, Koudelka reassume a liderança do ranking geral, com 290 pontos. Simon Ammann, da Suíça, está na cola, com 280. A Copa do Mundo de esqui saltos continua nesta semana, com provas em Nizhny Tagil, na Rússia.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.