Avanço

Fabrizio Bourguignon (Reprodução)

Comentei ontem que era natural os atletas brasileiros não terem um bom desempenho na primeira prova de biatlo ou cross-country na temporada. As modalidades de endurance exigem muito do físico e do tempo de preparação, o que faz com que as melhores provas sejam na virada do ano. Entretanto, no caso brasileiro, nem precisou esperar tanto assim.

Fabrizio Bourguignon e Mirlene Picin já conseguiram abaixar significativamente o índice na prova de sprint da terceira etapa da Copa IBU de Biatlo. O evento aconteceu nesta quarta-feira em Obertilliach, na Áustria. 

O maior destaque ficou para o desempenho de Fabrizio nos 10km masculino. O atleta brasileiro, integrante do Exército, conquistou o melhor resultado de sua carreira! Ele terminou na 129ª posição dentre os 131 atletas, com o tempo de 35min57seg3 e apenas UM tiro errado no estande. 

Dessa forma, na comparação com a média dos três primeiros colocados, ele ficou 38,2% acima (vale lembrar que no biatlo o desempenho é comparado com essa métrica). O vencedor foi o francês Baptiste Jouty, da França, com 25min53seg8 e dois tiros errados. Benedikt Doll, da Alemanha, ficou com a prata e Antonin Guigonnat, também da França, foi bronze. 

Já Mirlene também teve um desempenho digno de vários elogios nos 7,5km feminino! Ela chegou na 93ª posição dentre 96 atletas que participaram da prova com o tempo de 28min10seg4 e cinco tiros errados. Na comparação com a média de tempo do pódio, seu desempenho foi apenas 33,5% superior. A vencedora foi Federica Sanfilipo, da Itália, com 20min10seg4 e nenhum tiro desperdiçado. Anastasiya Merkushina, da Ucrânia, ficou na segunda posição e Anna Shcherbinina, da Rússia, completou o pódio.

A terceira etapa da Copa IBU de Biatlo termina nesta sexta-feira, com nova prova de sprint para homens e mulheres. Os atletas brasileiros estarão presentes.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.