Quinta etapa

Klimov e Stolbova, da Rússia (Robin Ritoss/ISU)

No último fim de semana aconteceu a quinta e penúltima etapa da classificação do Grand Prix de Patinação Artística. O evento aconteceu em Bordeaux, na França, e novamente contou com domínio da Rússia. O país conquistou três dos quatro ouros em disputa. 

A exceção, aliás, foi na dança no gelo e o casal francês Gabriella Papadakis e Guillaume Cizeron fizeram a alegria dos torcedores presentes. Eles venceram a categoria com 166.66 pontos na somatória dos dois programas, não dando chances para os rivais. Os canadenses Piper Gilles e Paul Poirier ficaram com a prata, com 157.58, e os norte-americanos Madison Hubbell e Zachary Donohue levaram o bronze, com 152.11.

No resto, destaque para os russos. Nos pares, a dupla Ksenia Stolbova e Fedor Klimov levaram o ouro com 209.81 pontos, sendo campeões tanto do programa curto quanto do longo. Eles ficaram à frente de duas duplas da China: Wenjing Sui e Cong Han terminaram na segunda posição, com 200.68, e Xuehan e Lei Wang foram os terceiros com 181.97. 

No individual feminino a disputa foi uma batalha particular entre duas jovens talentosas da Rússia. Elena Radionova, 15 anos, conquistou o ouro com 203.92 pontos, enquanto Julia Lipnitskaia, 16, ficou com a prata ao marcar 185.18. A norte-americana Ashley Wagner completou o pódio, com 177.74. 

No masculino, o russo Maxim Kovtun foi o primeiro colocado após fazer uma belíssima apresentação no programa longo, passando do sexto lugar no programa curto para o ouro na classificação geral. No total, ele fez 243.35 pontos. O japonês Tatsuki Machida foi o segundo, com 237.74, e o cazaque Denis Ten, líder no primeiro dia, teve que se contentar com o bronze com a nota de 236.28. 

A sexta e última etapa da classificação do Grand Prix acontece entre os dias 28 e 30 de novembro, em Osaka, no Japão. A final do torneio será em Barcelona, na Espanha, entre os dias 11 e 14 de dezembro. 

Copa Varsóvia

Além do Grand Prix, a patinação artística no gelo teve a disputa da Copa Varsóvia, na Polônia, neste fim de semana. O torneio é integrante da série Challenger, da ISU, com onze competições internacionais de grande porte ao redor do mundo. 

Para variar, a equipe russa deu novo show, com dois ouros e uma prata no rink polonês. No masculino, Alexander Petrov conquistou o primeiro para a Rússia com 231.53 pontos, à frente do filipino Michael Christian Martinez, prata com 213.38, e do italiano Matteo Rizzo, bronze com 168.46 pontos. 

Entre as mulheres, o segundo ouro russo. Elizaveta Tuktamysheva venceu com folga ao marcar 196.66 pontos na somatória dos dois programas. A segunda colocada foi a armênia Anastasia Galustyan, com 148.63, e a lituana Aleksandra Golovkina fechou o pódio com 147.35. 

Nos pares, o ouro foi para a dupla do Canadá Lubov Iliushechkina e Dylan Moscovitch, com 163.02 pontos. Os russos Lina Fedorova e Maxim Miroshkin ficaram com a prata, com 158.16, e os italianos Valentina Marchei e Ondrej Hotarek conquistaram o bronze com 154.60. 

Por fim, na dança no gelo, os eslovacos Federica Testa e Lukas Csolley mantiveram a boa fase. Depois de levarem o ouro na Copa Volvo, voltaram a subir no lugar mais alto do pódio com 143.36 pontos. Os ucranianos Alexandra Nazarova e Maxim Nikitin foram medalhistas de prata com 136.90 e Shiyue Wang e Xinyu Liu, da China, foram bronze com a nota de 133.44. 

A série Challenger prossegue na próxima semana. Entre os dias 4 e 7 de dezembro acontece o Golden Spin de Zagreb, na Croácia. O torneio traz boas lembranças para os brasileiros, pois foi lá, dois anos atrás, que Isadora Williams conquistou a primeira medalha internacional do Brasil na patinação artística no gelo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.