Novo formato

A brasileira Chiara Marano, do esqui alpino (Reprodução)

Nos dias 18 e 19 de dezembro, a FIS (Federação Internacional de Esqui) irá estrear um novo formato de competições para o esqui alpino. Após alguns estudos, a entidade vai promover provas de sprint na etapa da Copa Europeia em Pozza di Fassa, na Itália. 

A decisão foi tomada no congresso realizado em Barcelona, no último mês de junho. Esta nova categoria consiste numa descida de qualificação, onde os 30 atletas avançam para as semifinais em um percurso reduzido (cerca de 30 segundos para o slalom e 50 segundos para o slalom gigante). Os 15 melhores avançam para a final. O objetivo é permitir aos melhores atletas que participem duas vezes em um período mínimo de tempo, além de trazer ação e entusiasmo para os telespectadores que acompanharem na televisão.

Além de Pozza di Fassa, o sprint no esqui alpino será testado no slalom gigante masculino em Lelex, na França, e no slalom feminino em Innicheen/San Candido, na Itália. Todas as provas serão televisionadas. 

Os resultados contarão pontos normalmente para a Copa Europeia, enquanto que os pontos FIS serão distribuídos apenas na corrida de qualificação (bem semelhante ao sprint do Cross-Country). No fim da temporada, a FIS analisará os três eventos para decidir se continua, ou não, com o formato nas próximas temporadas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.