Boa sorte!

Roman Poudelka comemora sua 1ª vitória (Divulgação)

Foi em Klingenthal, na Alemanha, que o tcheco Roman Koudelka venceu a última etapa do Grand Prix de Esqui Saltos, em setembro. Na ocasião, ele era franco atirador e estava longe dos holofotes por não estar na briga pelo título geral. Mas pouco mais de dois meses depois, os bons ventos alemães continuam trazendo boa sorte para o atleta.

No mesmo local, ele venceu a primeira etapa da Copa do Mundo da modalidade e assume a ponta da classificação geral. Foi seu primeiro triunfo na competição e ainda quebrou a sequência de dois anos e meio sem pódio. 

A prova foi disputada em uma montanha de 140 metros, considerada um LH (large hill, ou montanha grande). Roman Koudelka venceu com 276.4 pontos, dois pontos à frente do austríaco Stefan Kraft, medalhista de prata, e quase seis pontos do alemão Andreas Willinger, medalhista de bronze.

Os favoritos não conseguiram um bom desempenho nesta primeira disputa. O suíço Simon Ammann foi o melhor, terminando na sétima posição. O japonês Taku Takeuchi foi o 13º e a lenda austríaca Gregor Schilierenzauer o 15º.

No fim de semana tivemos também a disputa por equipes. O forte time alemão confirmou o favoritismo e fez a alegria da torcida da casa ao marcar 1098 pontos. O Japão ficou em segundo, com 1068.9  e a Noruega conquistou o bronze com 1061.2 pontos.

Nos dias 27 e 28 deste mês teremos a segunda etapa da Copa do Mundo de esqui saltos entre os homens. A prova será em Ruka, na Finlândia, em uma montanha de 142 metros.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.