Duelo definido

Marcelo Mello deve ser o skip (Divulgaçã0)
Como disse Raphael Monticello, parafraseando música de Renato Russo, "Jeremias escolheu a hora, o local e a razão para o duelo com João". Jeremias, no caso, a tradicional equipe de Curling dos EUA. Portanto, João representa os brasileiros, que ainda montam sua equipe masculina da modalidade. O duelo? Uma vaga no Mundial de Curling no início de 2015. 

Não era novidade para ninguém que os atletas nacionais, após algumas idas e vindas na modalidade, voltou com força total no fim da última temporada e lançou o desafio contra o time americano. Eles aceitaram e nesta quinta-feira confirmaram a data. Dias 30 e 31 de janeiro e 1º de fevereiro de 2015, com jogos na cidade de Blaine, no estado de Minessota. 

Enquanto a seleção dos EUA deverá ser representada ou pelo Time Plys ou o Time McCormick (dois de suas principais equipes). Já o Brasil montará sua equipe na próxima semana e realizará alguns treinamentos e participará de alguns torneios para ganhar ritmo e entrosamento. 

Portanto, a expectativa é que, da mesma forma que em 2009 e 2010 (outros anos que o país participou do desafio), os norte-americanos vencem a disputa. O mais importante, neste momento, é garantir um bom nível competitivo  e mostrar, de uma vez por todas, que o curling veio para ficar. Maiores detalhes do desafio podem ser vistos, em inglês, neste link.

Problemas

Entretanto, a preparação dos brasileiros está sofrendo com alguns imprevistos. Depois do Vic Open, principal torneio que a seleção brasileira iria participar, ser cancelado na segunda-feira, mais um percalço apareceu nesta quarta-feira. 

Por problemas no compressor do clube que sedia a Premium League nesta quarta-feira, a rodada foi postergada para a próxima semana. Dessa forma, todas as outras rodadas foram adiadas em sete dias. 

A questão é que o Brasil representaria o Time Monticello na semana que vem contra o Time Koltun, mas devido a esse problema a seleção resolveu não participar mais do evento e concentrar apenas no treinamento intensivo e em alguns amistosos. 

Portanto, a estreia será com dois amistosos, nos dias 29 e 30 de outubro, contra adversários que ainda serão definidos. Depois, no fim de semana, está confirmada a participação no GEWC Open. Por fim, a CBDG e a Associação Brasileira de Curling ainda correm atrás de outro evento em dezembro para substituir o Vic Open no planejamento dos jogadores. Eles sabem que quanto mais jogarem, mais preparados chegarão para o desafio em janeiro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.