Definições

Congresso de Curling em Reno, EUA (Don Chang)

Acabou neste domingo o congresso anual da Federação Mundial de Curling. O evento, realizado em Reno (EUA), contou com representantes de mais de trinta delegações, incluindo a brasileira. Mudanças importantes foram discutidas para o futuro do esporte - e algumas delas impactam diretamente o Brasil.

Talvez a mais importante delas seja a criação do campeonato mundial de equipes mistas, com dois homens e dois mulheres e que deverá estrear na próxima temporada. O Brasil valoriza e participa de campeonatos mistos, tanto que esteve presente no Mundial de Duplas Mistas neste ano. 

Outro ponto que ajudará indiretamente no desenvolvimento do curling em nosso país é a criação dos Mundiais sub-18 e sub-23 ao invés do único campeonato de juniores. Nesse novo formato existirão eliminatórias regionais e o Brasil busca adolescentes para criar uma equipe (pensando até nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2016). 

Alguns dos pontos discutidos e aprovados no Congresso foram: 
  • Kate Caithness foi reeleita para mais quatro anos à frente da Federação Mundial de Curling.
  • Sochi foi nomeada sede do Mundial de Duplas Mistas em 2015.
  • Aprovação de Projeto para construção de equipamentos em países não tradicionais (muito interessante para o Brasil). 
  • Introdução do Tempo de Pensamento para controlar o cronômetro no jogo. Estará em vigor no Europeu desta temporada.
  • Apenas uma rodada de tie-breaks, com início imediato.
São decisões que impactam a modalidade, sem dúvida. Para os brasileiros, o mais importante era estar presente e mostrar aos outros países que o trabalho está sendo feito. Isso traz respeito, confiança e admiração. Valores simbólicos que certamente ajudarão na captação dos recursos necessários para fazer o sonho seguir adiante!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.