20 anos

Isabel Clark, maior nome latino-americano no snowboard (Divulgação)

Nesta semana a FIS (Federação Internacional de Esqui) comemora os 20 anos da primeira etapa da Copa do Mundo de snowboard. O esporte, derivado das demais modalidades de prancha, cresceu muito e atrai multidões em suas disputas. Porém, o que poucos sabem, é que o Brasil teve papel fundamental para esse crescimento. 

Foi o país, através da então Associação Brasileira de Ski (antigo nome da CBDN) e Domingos Giobbi, presidente da entidade na época, um dos principais promotores para que o snowboard conquistasse reconhecimento internacional. 

Tanto que o Congresso que determinou a inclusão do esporte nos Jogos Olímpicos aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, um cenário incomum para uma decisão tão impactante nos esportes gelados. Não por acaso que desde então acontece o Campeonato Brasileiro da modalidade (que também completou a 20ª edição neste ano).

Sr. Domingos e demais dirigentes brasileiros enxergaram que o snowboard possuía a cara de mudança necessária para os Jogos Olímpicos de Inverno. Era preciso atrair os jovens e gerar audiência televisiva com as belas imagens dos voos e saltos radicais. Estavam certos. É esporte olímpico desde 1998 e não para de crescer.

De lá para cá, apenas na Copa do Mundo foram mais de mil eventos, em 24 países e 113 cidades Números que certamente crescerão ainda mais nos próximos anos! Vida longa a esta jovem modalidade!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.