Mamma Africa

Momento histórico: primeira prova de esqui alpino na África (Divulgação/FIS)

A FIS (Federação Internacional de Esqui) já havia realizado eventos na Ásia, Américas (do Norte e Sul), Europa e Oceania. Faltava apenas provas na África, o continente mais conhecido pelo sol e pelo calor. Mas agora não falta mais. 

No último fim de semana a instituição organizou as primeiras corridas oficiais de esqui alpino no continente. Elas foram realizadas na África do Sul, mais precisamente no resort de Tiffindell, situado na fronteira com o Lesoto e ao sul da faixa de montanhas Drakensberg. 

O local recebeu pouca neve na atual temporada de inverno no hemisfério sul, mas as baixas temperaturas permitiram que a competição fosse realizada - ainda mais com uma nova área expandida no resort para receber os competidores.

Os dois dias de evento abrigaram provas que decidiram  o campeonato nacional sul-africano, prova júnior e mais duas corridas FIS de slalom presentes no calendário internacional. Atletas da Suécia, Áustria e Eslovênia estiveram presentes, além de seis competidores sul-africanos, mostrando o pontapé inicial dentro da modalidade. 

O grande destaque foi o sueco Alexander Koell, vencedor do campeonato nacional e de uma descida do slalom - a outra foi vencida pelo compatriota Tim Lindgren. Já o austríaco Martin Pitterle ficou com o título na categoria júnior. 

Independentemente do resultado, o fato mostra que, com esforço e trabalho, é possível levar esportes de inverno a lugares nunca antes imaginados. É mais difícil? Sim, com certeza? Precisa de tempo? Com certeza, ainda mais em países tropicais! Mas é viável quando se faz um planejamento a longo prazo. Como sempre digo, não podemos impedir ninguém de competir e sonhar.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.