Bronze!

Mirlene no pódio em seu retorno! (Arquivo Pessoal)

A boa notícia veio do Esporte Essencial na tarde desta sexta-feira! A estreia da equipe brasileira na Copa Sul-Americana de Biatlo não poderia ter sido melhor: a brasileira Mirlene Picin conquistou o bronze na disputa individual de 15 quilômetros. 

Foi o primeiro dia do torneio, que ainda terá a competição de sprint neste sábado e a largada coletiva na segunda-feira, dia 11 (após um merecido descanso neste domingo). Todos os eventos acontecem na cidade chilena de Portillo, onde fica o centro de treinamento da modalidade do país.

O feito da atleta foi o ponto alto da participação brasileira neste primeiro dia. Entre os homens, que percorreram 20 quilômetros com quatro paradas de tiro, Fabrizio Bourguignon ficou na 10ª posição e Leandro Lutz foi o 16º. Infelizmente não achei nenhum site oficial ou que trouxesse a classificação completa. Seria legal ver o tempo e a porcentagem conquistada pelos três.

Em todo o caso, esta medalha é simbólica pois representa até onde a força de determinação e dedicação pode nos levar. Mirlene é uma das atletas mais esforçadas no cenário esportivo brasileiro. Tanto que a terceira colocação foi conquistada após mais de um ano sem competir em provas de neve - a última foi no Mundial de Cross-Country, no início de 2013.

Após ver que teria poucas chances de representar o Brasil nos Jogos de Sochi (a CBDN optou por levar Jaqueline Mourão), ela se dedicou às corridas de rua e de montanha na última temporada e também cumpriu com louvor seu papel ao conquistar diversas medalhas e se posicionar como uma das principais representantes de endurance do país. 

(Atualizando: ao reler o post com atenção e alertado por leitores do blog, quero fazer uma correção no parágrafo anterior: a falta de expectativa na neve não foi apenas o único fator que fez Mirlene focar mais nas corridas de rua e nem tampouco Jaqueline Mourão foi convidada pela CBDN para os Jogos de Sochi. Esta última obteve índice olímpico no cross-country e biatlo por méritos e pelos critérios estabelecidos pela entidade e pela FIS e IBU. Desculpe-me pela falta de sentido.)

Fico feliz em ver Mirlene conquistar bons resultados na neve e espero que isso seja uma ótima motivação para toda a equipe no sábado.  A brasileira disputará o sprint 7,5 quilômetros enquanto os homens correm 10 quilômetros.


Na Base

Enquanto os atletas experientes estão em Portillo, a nova geração brasileira de Cross-Country e Biatlo se prepara para dez dias de treinos intensivos. Bruna Moura, Caio Moreira e Victor Santos estarão em Nevados de Chillán entre os dias 15 e 25 de agosto para um IBU Camp. Lá, eles terão um contato mais próximo com a modalidade e estarão acompanhados da técnica Anna Maria Nilsson e do atleta olímpico Leandro Ribela.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.